Vídeo: torcida invade campo e agride técnico e jogadores em partida na Colômbia

Jogo entre Deportivo Cali e Cortuluá teve que ser encerrado no segundo tempo; vídeo que mostra a invasão viralizou nas redes

Tuluá – A partida entre Cortuluá e Deportivo Cali, válida pelo Campeonato Colombiano, foi palco de cenas lamentáveis na última quarta-feira (21). Vivendo má fase na temporada, o Cali perdia por 2 a 0 para os donos da casa quando torcedores da equipe se revoltaram e invadiram o gramado para agredir o técnico e jogadores do time.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra que as agressões foram direcionadas, especialmente, ao técnico da equipe, Mayer Candelo, e ao atacante colombiano Téo Gutierrez, que tem passagens pelo futebol europeu e pela seleção colombiana, além de já ter estado na mira do Corinthians. Por conta da confusão, a partida foi encerrada aos 36 minutos do segundo tempo.

Nas imagens, é possível observar um grupo de torcedores cercando Candelo, que foi agredido antes de ser retirado de campo. Em nota, o Deportivo Cali anunciou o desligamento do técnico Mayer Candelo, após mútuo acordo entre as partes.

Penúltimo colocado no Campeonato Colombiano, o Deportivo Cali vive uma crise dentro de campo. O clube soma apenas oito pontos na tabela de classificação e, em 12 rodadas disputadas até aqui, venceu apenas um jogo. Apesar da situação dramática, o Cali não corre risco de rebaixamento, pois a liga colombiana define os rebaixados por meio de uma média de pontuação dos últimos três anos.

Além da campanha frustrante no campeonato nacional, o Deportivo Cali foi eliminado logo na fase de grupos da Libertadores e posteriormente nas oitavas de final da Sul-Americana. Por meio de nota oficial, o Deportivo Cali se manifestou e repudiou a ação de seus torcedores.

“O Deportivo Cali rechaça enfaticamente as agressões e a violência sofrida por nossa equipe durante a partida contra o Cortuluá. Condenamos qualquer ato violento contra nossos jogadores ou corpo técnico. Solicitamos às autoridades governamentais e esportivas que intervenham para evitar uma tragédia no futuro. Convidamos os torcedores a viver o espetáculo em paz e sem violência”, escreveu o clube.

Veja vídeo: 

Anúncio