Crianças na garupa de bicicleta correm risco de graves acidentes

Contato com o aro pode ocasionar perda de pele, fraturas e até amputações, alerta ABTPé

São Paulo – Um momento de lazer, que pode terminar em situação grave: transportar crianças na garupa da bicicleta traz riscos de sérios acidentes. Especialista recomenda o uso de proteção plástica no aro da bicicleta e na correia além do uso de sapatos fechados ao realizar passeios.

Contato com o aro da bicicleta pode ocasionar perda de pele, fraturas e até amputações (Foto: Divulgação)

Acidentes deste tipo podem provocar ferimentos graves e até amputações, sobretudo se a criança estiver com os pés descalços, salienta o presidente da ABTPé (Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé), Dr. José Antônio Veiga Sanhudo.

“Os ferimentos causados podem ser de gravidade variável, desde uma escoriação até lesões mais graves com exposição de tecidos profundos, fraturas e amputações”, fala o médico.

Nas chamadas lesões de partes moles (grupo de tecidos localizados entre a epiderme e o osso, ou seja, tendões, ligamentos e músculos), as mais frequentes são as escoriações e lacerações, com perda parcial da cobertura cutânea. Geralmente, elas ocorrem ao nível do tornozelo, calcanhar e dorso do pé. “Já quando o acidente causa fratura, as partes mais acometidas são os ossos da tíbia e fíbula (ossos do tornozelo e perna), os metatarsianos (ossos do “peito” do pé) e as falanges, que são os ossos dos dedos do pé”, explica o especialista.

Para que o passeio possa ser realizado de maneira mais segura, o ideal é que a seja colocada uma proteção plástica no aro da bicicleta e na correia. Além disso, as crianças devem estar sempre calçando sapatos fechados ao realizar esses passeios.

Outra medida importante, ressalta o médico, é a instalação de uma cadeirinha adequada ao tamanho e peso da criança que será transportada, uma vez que a maioria desses itens já vem com uma área apropriada para proteção das extremidades inferiores.

“Com a bicicleta ganhando cada vez mais adeptos, é importante que sejam feitas campanhas de esclarecimento para conscientização do transporte seguro de crianças na garupa, bem como exigir a obrigatoriedade da colocação de protetores nos aros, pois, como já mencionamos, há riscos de acidentes graves e que podem deixar sequelas definitivas na criança e no condutor”, conclui o Dr. Sanhudo.

Anúncio