China realiza exercícios militares com mísseis perto de Taiwan

Ação do governo chinês ocorre após Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos EUA, visitar a ilha

Brasília – A China realizou exercícios militares com mísseis balísticos em águas perto de Taiwan nesta quinta-feira (4). A informação foi repassada pelo Ministério da Defesa de Taiwan, onde condenou a ação e descreveu como “ações irracionais que minam a paz regional”.

A China divulgou os locais dos exercícios militares (Foto: Reprodução/CCTV)

“O Partido Comunista da China disparou vários mísseis balísticos Dongfeng nas águas ao redor do nordeste e sudoeste de Taiwan aproximadamente às 13h56 (horário local)”, disse o Ministério da Defesa em um breve comunicado. Os exercícios de tiro ao vivo começaram por volta das 12h00 (horário local) e durarão três dias até o mesmo horário de domingo, 7 de agosto, segundo a televisão estatal CCTV.

O governo chinês decidiu iniciar seus maiores exercícios militares em décadas em torno de Taiwan após uma visita à ilha da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, que a China viu como grande provocação. Pelosi deixou Taiwan na quarta-feira (3) ao final de uma visita de menos de 24 horas que irritou Pequim, que considera a ilha parte de seu território.

A presidente da Câmara, segunda na linha de sucessão presidencial, é a mais importante funcionária dos EUA a visitar Taiwan em 25 anos.

Anúncio