Deputado americano de origem brasileira roubou vaquinha que salvaria vida de cadela

George Santos criou uma vaquinha online para pagar por uma cirurgia veterinária, mas sumiu com o dinheiro, e o animal morreu

EUA – George Santos, o deputado do Partido Republicano que tem origem brasileira, continua tendo a vida investigada após as confirmações de que havia mentido na biografia usada na campanha para ser deputado do Estado de Nova York nas eleições legislativas do ano passado.

(Foto: Reprodução Instagram @santos4_congress)

A última polêmica veio à tona na terça-feira (17), após uma reportagem do portal Patch. O veterano da Marinha americana Richard Osthoff revelou que, em 2016, Santos roubou mais de 3.000 dólares, cerca de R$ 15 mil, que seriam usados para pagar pela remoção de um tumor no estômago de Sapphire, sua cadela da raça pit bull.

Osthoff conta que um veterinário ficou com pena de sua situação e indicou a organização Friends of Pets United para ajudá-lo a levantar o valor necessário e salvar a vida do animal.

O responsável pelo projeto seria Santos, que na época usava o nome Anthony Devolder. Osthoff afirma que foi levantada a quantia necessária para a cirurgia da fiel companheira, mas o brasileiro excluiu a campanha da plataforma de arrecadação de fundos e desapareceu com todo o dinheiro.

O veterano sofre de transtorno de estresse pós-traumático grave e ganha uma pensão do governo americano. O valor que recebe, porém, não era suficiente para pagar pelo procedimento. Sem a cirurgia, Sapphire não resistiu e morreu meses depois do golpe.

A falta de dinheiro era tamanha que o dono da cachorrra não conseguiu bancar a cremação ou o enterro de Sapphira. “Tive que mendigar”, lamenta Osthoff. “Foi uma das coisas mais degradantes que já tive que fazer.”

Anúncio