Espanha suspende voos do Brasil após descoberta de variante

Suspensão vai valer por duas semanas e únicos voos permitidos serão de repatriação de cidadãos e escalas de menos de 24h

Espanha – A Espanha anunciou a suspensão de todos os voos de irem para o Brasil e África do Sul, a partir desta quarta-feira (03), para evitar a disseminação das variantes do coronavírus detectadas nesses dois Países.

Os únicos voos desses Países que serão permitidos são os de repatriamento de cidadãos espanhóis ou estrangeiros com residência na Espanha. (Foto: Eraldo Lopes)

Segundo o anúncio da porta-voz do governo, María Jesús Montero, as regras valerão por duas semanas, mas podem ser revisadas na semana que vem nas avaliações semanais do Ministério da Saúde. A ideia é impedir que o vírus que causa a Covid-19 “entre pelo aeroporto Madri-Barajas”.

Leia mais: Covid: mundo soma mais de 100 milhões de vacinas aplicadas

Os únicos voos desses Países que serão permitidos são os de repatriamento de cidadãos espanhóis ou estrangeiros com residência na Espanha ou de pessoas que façam escalas no aeroporto internacional com menos de 24 horas e sem sair da área de trânsito da estrutura.

Assim como a Espanha, Itália, Portugal, Alemanha, Reino Unido, Colômbia, Turquia, entre outros, já anunciaram a suspensão de voos de e para o Brasil. A Argentina reduziu a entrada de brasileiros em 50%.

Os temores são de que as novas cepas do coronavírus detectadas nos dois Países se espalhem rapidamente porque testes feitos até agora mostraram que elas são transmitidas mais rapidamente. Ainda não se sabe sobre a taxa de letalidade.

A mutação brasileira descoberta em Manaus, no Amazonas, provavelmente vinda do exterior, ao qual vem vivenciando um colapso no sistema de Saúde.

A Espanha é um dos Países mais afetados pela pandemia de covid-19 no mundo, com mais de 2,8 milhões de casos confirmados da doença e cerca de 59 mil mortes.

Anúncio