Hamas tenta impedir palestinos de sair do norte da Faixa de Gaza novamente

Terroristas atacaram soldados israelenses que estavam abrindo passagem para civis fugirem para o sul do território neste domingo

Israel- O porta-voz árabe das FDI (Forças de Defesa de Israel), Avichay Adraee, disse no sábado à noite (5) que membros do grupo terrorista Hamas tentaram impedir que civis palestinos deixassem o norte da Faixa de Gaza, como orientado pelo Exército israelense. As FDI pedem aos civis que saiam da região, pois está realizando operações aéreas e terrestres para eliminar alvos do Hamas.

(Foto: Reprodução/ Record TV)

Segundo Adraee, membros do Hamas dispararam morteiros e projéteis antitanque contra soldados israelenses que tentavam abrir a estrada no sábado (4) para que os civis deixassem o norte do território.

“[Os terroristas do Hamas] queriam que vocês permanecessem lá como escudos humanos para eles e seus líderes”, escreveu o porta-voz em seu perfil no X, antigo Twitter. As FDI já acusaram o Hamas de impedir que os palestinos evacuassem o norte de Gaza em outras ocasiões.

Apesar dos ataques dos extremistas islâmicos, Israel reabriu o corredor para que os civis se dirigissem ao sul da Faixa de Gaza, informou o site Times of Israel. Segundo o militar israelense, a estrada Salah-al-Din teve o tráfego liberado em direção ao sul entre 10h e 14h deste domingo.

“Para sua segurança, aproveite o tempo para se deslocar para o sul, além de Wadi Gaza”, disse, reforçando o pedido que vem sendo feito há semanas pelas forças militares israelenses para que os civis deixem o norte, onde estão concentrados os ataques contra o Hamas.

Estima-se que cerca de 800 mil pessoas já tenham fugido para o sul, embora muitas tenham insistido em permanecer no norte do enclave, por causa de problemas humanitários e ataques aéreos registrados também no sul.

Israel concentrou a maior parte de sua força aérea e forças terrestres no norte de Gaza, cercando a Cidade de Gaza por três lados enquanto busca eliminar os governantes do Hamas entrincheirados na cidade.

Anúncio