Jovem perde emprego após invadir recinto de macacos em zoológico; veja vídeo

Lucy Rae, como a invasora foi identificada, foi reconhecida pelos empregadores em vídeo compartilhado nas redes sociais

EUA – Uma jovem flagrada dentro do recinto reservado a macacos-aranha no Zoológido de El Paso, nos EUA, acabou demitida do escritório de advocacia onde trabalhava. Lucy Rae, como a invasora foi identificada, foi reconhecida pelos empregadores em vídeo compartilhado nas redes sociais.

Jovem perde emprego após invadir recinto de macacos em zoológico. (Foto: Reprodução/Instagram/The real fit fam el paso)

Em registro compartilhado no Instagram, Lucy é vista próxima a dois animais, enquanto aparentemente tenta alimentá-los com “salgadinhos”, afirma a legenda da postagem.

Em entrevista ao canal ABC 7, Mason Kleist, o zelador da instalação, disse que a jovem não apenas se colocou em perigo, como também poderia ter prejudicado os macacos-aranha com alimentos os quais eles não estão acostumados.

“Eles podem ser macaquinhos, mas podem levá-lo ao chão se quiserem”, explicou Kleist.

O zelador também acrescenta que Lucy expôs os animais do recito ao risco de serem contaminados  pela covid-19: “Tomamos as medidas necessárias para evitar que eles contraíam a doença, então alguém entrar lá e dar comida das mãos poderia estragar tudo”, pontuou.

Joe Montisano, diretor do zoológico, usou os termos “estúpida” e “sortuda” ao se referir à jovem e planeja apresentar queixa contra ela nos próximos dias.

Já o escritório do qual Lucy foi desligada disse em comunicado divulgado no Facebook não aceitar o “comportamento irresponsável e imprudente” apresentado pela ex-funcionária.

A ABC 7 foi informada pela empresa que Lucy Rae ocupava o cargo de assistente de litígio na divisão de danos pessoais do local.

Até o fechamento desta matéria, a jovem não se manifestou sobre o caso. Assista:

Anúncio