Maduro tem conta no Facebook bloqueada por falsa informação sobre a Covid-19

A ação na conta do presidente da Venezuela faz parte do movimento da rede social em remover informações falsas sobre a Covid

Venezuela – O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de 59 anos, teve a conta oficial no Facebook bloqueada temporariamente, na noite do último sábado (27), por violar regras da plataforma. A informação divulgada é de que ele fez uma divulgação de um remédio sem eficácia científica comprovada que teria o poder de curar pessoas infectadas com Covid-19.

Presidente da Venezuela tem conta no Facebook bloqueada suspeita de fake news sobre a Covid-19. (Foto: Reprodução)

De acordo com o site The Verge, um vídeo em que o político elogiava os efeitos de um medicamento homeopático chamado Carvativir, que é extraído de folhas de tomilho, também foi removido após médicos da Venezuela alegarem que as “gotas milagrosas” propaladas por Maduro eram potencialmente perigosas.

blank

Carvativir não é eficaz contra a Covid-19, alertam médicos venezuelanos. (Foto: Divulgação/Televisora Venezolana Social)

Segundo o site, a remoção das postagens é parte de um esforço do Facebook para combater a disseminação de informações falsas sobre a Covid, seus tratamentos e a segurança das vacinas. Além das remoções, a rede social também tem aplicado rótulos em publicações com informações incorretas ou desatualizadas.

Em contato com o portal americano The Verge, um porta-voz do Facebook disso que a companhia segue orientações da Organização Mundial da Saúde. “Devido a repetidas violações de nossas regras, também estamos congelando a página por 30 dias, durante os quais ela será somente leitura”.

Anúncio