Manifestante coloca fogo no braço em partida de despedida do tenista Roger Federer

O homem que fazia o protesto resistiu, mas foi arrastado para fora das quadras

Reino Unido – Nesta sexta-feira (23), durante a partida de tênis entre Stefanos Tsitsipas e Diego Schwartzman na Laver Cup — torneio entre equipes da Europa e do resto do mundo que marcará a despedida de Roger Federer —, um manifestante invadiu a quadra do torneio, em Londres, e ateou fogo no próprio braço. O homem fazia um protesto contra os jatos particulares do Reino Unido.

(Foto: Reprodução/Twitter)

A imprensa britânica afirmou que ele faz parte do grupo End UK Private Jets, que defende a ideia de que “as emissões de carbono em 2022 são genocídio”.

A partida foi rapidamente interrompida, e os seguranças logo chegaram para retirar o manifestante da quadra.

O homem que fazia o protesto resistiu, mas foi arrastado para fora das quadras.

Os seguranças carregaram o jovem para fora. Antes de recomeçar a partida, foi preciso verificar se o chão da quadra havia sido danificado pelo fogo.

A partida foi retomada, e Tsitsipas venceu por dois sets a zero. Com a vitória, o time Europa garantiu vantagem de 2 a 0 sobre o time do Resto do Mundo, já que Casper Ruud derrotou Jack Sock por dois sets a um.

Roger Federer, que anunciou que sua aposentadoria seria na Laver Cup, deve entrar em quadra nas duplas masculinas com Rafael Nadal pelo time Europa, para enfrentar os americanos Jack Sock e Frances Tiafoe, marcando assim sua última partida na carreira.

Anúncio