Menino de três anos perde 60% do lábio após ser atacado por Buldogue francês

Criança teve que passar por uma cirurgia reconstrutora e está ‘muito constrangida’ com sua aparência, segundo a mãe

Inglaterra- Um menino de três anos, do condado de Meyerside, na Inglaterra, sofreu graves lesões faciais e perdeu a maior parte do lábio superior após um ataque de cachorro da raça Buldogue francês, que pertencia à família. Desde o ataque, o menino passou por uma grande cirurgia para reparar os lábios, mas pode precisar de outras intervenções cirúrgicas no futuro. A mãe afirma que ele está “muito constrangido” com sua aparência. As informações são do tabloide britânico The Mirror.

(Foto: Divulgação/ Polícia MERSEYSIDE)

“Meu filho foi atacado pelo buldogue francês de um membro da família quando foi deixado sozinho quando os adultos saíram da sala”, afirmou a mãe da criança ao The Mirror.

“Demorou um pouco para ele ganhar confiança para comer e beber e voltar a falar. Mesmo tendo apenas três anos, ele é realmente autoconsciente sobre sua aparência. Eu acho que é muito importante que os donos de cães tenham cuidado com seus cães perto de crianças”, acrescentou.

O menino, que não teve a identidade revelada, virou parte de uma campanha da polícia de Meyerside que visa reduzir o número de mordidas de cachorros no condado, oferecendo dicas importantes de segurança a todos os donos de cães.

Dados da polícia mostram que crianças menores de 16 anos são mais propensas a serem vítimas de mordidas de cachorros. Esse risco aumenta significativamente no verão, quando mais crianças estão em casa com seus animais de estimação ou perto de cães de outras pessoas, e também passam mais tempo em espaços públicos.

Embora parques e praias tenham sido identificados como pontos críticos de incidentes, as mordidas de cães podem acontecer em qualquer lugar. Quaisquer ofensas que aconteçam em privado podem ser processadas da mesma forma que as mordidas em público.

Anúncio