Morre Pebbles, a cadela mais velha do mundo, aos 22 anos

A cadela Pebbles entrou para o Guinness World Records (livro dos recordes) como a cadela mais velho do mundo

EUA – A cadela Pebbles, da raça Toy Fox Terrier, que entrou para o Guinness World Records (livro dos recordes) como a cadela mais velha do mundo, morreu na segunda-feira (3), aos 22 anos, no estado na Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

(Foto: Reprodução – Instagram @pebbles_since_2000)

De acordo com o Guinness, que registrou Pebbles como o cachorro mais velho do mundo, ela morreu “de causas naturais, com seus donos ao seu lado”. A cadela nasceu em 28 de março de 2000, tinha quatro quilos e impressionantes 22 anos e 59 dias.

Bobby e Julie Gregory, donos de Pebbles, informaram ao Guinness que a cadela gostava de carinho, aconchego, passava seus dias ouvindo música country e dormindo até as 5 horas da tarde. Ainda segundo o Guinness, a cachorrinha, anteriormente “casada”, infelizmente ficou “viúva” em 2017, depois que seu “marido” Rocky (também um Toy Fox Terrier, de 16 anos de idade) faleceu.  Os dois tiveram juntos 24 filhotes, em três ninhadas diferentes.

Em 2012, ainda segundo o Guinness, veterinários que cuidavam de Pebbles impuseram uma dieta baseada em ração para gatos, mais focada em proteína.

Anúncio