Mulher perde 68 quilos após ser constantemente criticada pelo pai

Criticada por toda a família, Michaella Miller comia compulsivamente por causa dos comentários sobre seu peso

EUA – A norte-americana Michaella Miller, do Colorado, perdeu 68 quilos aos 25 anos após ser constantemente criticada pelo próprio pai. Ela sofria de compulsão alimentar e os comentários familiares a faziam querer comer cada vez mais. O emagrecimento, segundo a jovem, veio como uma forma de se rebelar contra a família.

Quanto mais Michaella se sentia pressionada a emagrecer, mais ela comia. (Foto: Reprodução)

“Achava que comer e engordar era a minha maneira de retomar o controle do meu pai”, contou Michaella em entrevista. “Foi minha maneira de me rebelar. Quanto mais eu era pressionada a perder peso, mais eu comia.”

Foi só depois que a compulsão passou a cobrar um preço pela saúde de Michaella que a americana decidiu que estava na hora de adotar novos hábitos.

“Eu não conseguia fazer nada sem sentir dor, respirar pesadamente ou suar. Eu tinha muita ansiedade e depressão – simplesmente não estava vivendo. Eu era tão jovem e a vida estava passando por mim. Eu tinha medo de morrer jovem, mas também de nunca realmente viver também”, disse.

Foi então que a norte-americana resolveu realizar uma cirurgia bariátrica. O processo operatório, garante ela, foi apenas uma pequena parte da mudança.

“A cirurgia para perda de peso é frequentemente vista como a saída mais fácil ’. Nada do que passei e fiz foi fácil. A cirurgia para perda de peso é apenas um aspecto. Tive que mudar completamente meu estilo de vida e minha relação com a comida .”

Desde a mudança de hábitos, Michaela chegou a perder 68 quilos, metade de seu antigo peso corporal. Ela agora se exercita regularmente, incorporando uma mistura de exercícios cardiovasculares e de levantamento de peso, e come refeições caseiras com alto teor de proteínas.

Anúncio