‘Nos mandam lutar sem nem dizer o porquê’, diz soldado russo capturado na Ucrânia

Um jovem soldado não identificado aparece em um vídeo chorando ao ligar para os pais na Rússia

Ucrânia – Um vídeo que circula nos grupos de mensagens do Leste Europeu mostra mais um soldado russo capturado em desespero ao falar com seus pais. Ele afirma que o Exército russo manda os soldados lutarem sem nem dizer o porquê. “Apenas corram e atirem.”

Um jovem soldado não identificado aparece em um vídeo chorando ao ligar para os pais na Rússia (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Na ligação, é possível ver o soldado explicando que foi alimentado e que está bem. Na sequência, ele chora muito ao falar que “civis estão morrendo, crianças estão morrendo, nossos soldados estão sendo depostos, belas cidades estão desmoronando.”

O pai pede então que ele se acalme, mas o jovem grita desesperado “eu matei pessoas, eu não mato pessoas”.

A ligação é interrompida por um militar ucraniano que afirma que ele está em cativeiro, pode ser transferido, mas passa bem. “O importante é a mãe dele saber que ele está bem”, diz o homem. “Voltamos a ligar mais tarde, talvez após o jantar.”

O Exército ucraniano convidou nesta quarta-feira (2) as mães dos soldados russos capturados a irem buscá-los na Ucrânia, no sétimo dia da invasão lançada por Moscou, durante a qual afirma ter feito dezenas de prisioneiros.

“Foi decidido entregar os soldados russos capturados às suas mães se elas vierem procurá-los na Ucrânia, em Kiev”, disse o Ministério da Defesa ucraniano em comunicado.

Anúncio