Novo bombardeio na região de Kharkiv, na Ucrânia, mata oito pessoas, duas delas crianças

Este foi o segundo ataque na cidade nesta quarta-feira (2). Pela manhã, outro bombardeio deixou quatro mortos e nove feridos

Kharkiv – Oito pessoas, entre elas duas crianças, foram mortas na noite desta quarta-feira (2) em um bombardeio à cidade ucraniana de Izium, na região de Kharkiv, segundo informou o vice-prefeito do munícipio, Volodmir Matsokin. O ataque começou às 23h59, horário local (18h59 de Brasília), e atingiu um prédio de vários andares. Em um dos apartamentos morreram oito pessoas, duas delas crianças, explicou o vice-prefeito.

(Foto: Reprodução/Twitter)

A capital regional, Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, está sob ataque russo desde o início da manhã – depois do desembarque de tropas aerotransportadas – com mísseis que atingiram vários prédios estatais e uma universidade.

O bombardeio deixou quatro mortos e nove feridos, segundo Kiev, que quantificou em mais de 2.000 o número de civis mortos em ataques russos desde o início da invasão, há uma semana. O Exército russo avançou hoje com intensos ataques no sul da Ucrânia, onde assumiu o controle da cidade de Kherson, com quase 300 mil habitantes, e praticamente bloqueia Mariupol, assim como no leste, onde afirma ter dominado grande parte da costa do mar de Azov.

O presidente ucraniano Volodmir Zelenski afirmou, em uma nova mensagem de vídeo na noite desta quarta-feira, que “quase 9.000 soldados russos morreram em uma semana”. Nesta quarta, pela primeira vez em sete dias de ofensiva militar, a Rússia admitiu a morte de 498 soldados russos na guerra, além de 1.597 feridos, segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, Igor Konashenkov.

Anúncio