Papa pede oração mundial e diz que dará bênção especial

Neste domingo, o papa Francisco informou que fará, nesta semana, a bênção extraordinária de ‘Urbi et Orbi’, normalmente concedida apenas no Natal e na Páscoa

Manaus – O papa Francisco disse neste domingo (22) que fará nesta semana a bênção extraordinária de ‘Urbi et Orbi’, normalmente concedida apenas no Natal e na Páscoa, e pediu que haja oração mundial em resposta à crise do coronavírus.

Ele fez o anúncio em sua oração semanal do Angelus, que vem conduzindo de dentro do Vaticano pela internet e pela televisão, em vez de fazê-la diante das multidões na Praça de São Pedro.

Sua decisão de abrir uma exceção e dar uma bênção especial ‘Urbi et Orbi’ (para a cidade e o mundo) reforça a gravidade da situação global, principalmente na Itália, que superou a China como o país mais atingido pelo surto do novo coronavírus.

O papa disse que na sexta-feira (27) à noite, que ele fará a bênção extraordinária diante de uma Praça de São Pedro vazia. O local, parte do Vaticano, foi fechado como parte de um bloqueio na Itália para tentar conter a propagação do vírus.

Os católicos que recebem a bênção, pessoalmente ou por meio das mídias, podem, sob certas condições, receber uma indulgência especial. Uma indulgência é a remissão da punição pelos pecados.

Ele fará a bênção extraordinária diante de uma Praça de São Pedro vazia (Foto: Remo Casilli/Reuters)