Rússia diz que distribuiu 80 mil passaportes desde as ‘anexações’ na Ucrânia

O país organizou ‘referendos’ para incorporar áreas que controla de Donetsk e Lugansk, assim como de Zaporizhzhia e Kherson

Moscou – A Rússia anunciou nesta quinta-feira (24), dia em que a guerra na Ucrânia completa nove meses,  que distribuiu passaportes russos a mais de 80 mil moradores de quatro regiões da Ucrânia que o país afirma ter incorporado a seu território. As anexações não reconhecidas pela comunidade internacional.

(Foto: Reprodução/Twitter/@KremlinRussia_E)

“Desde que as quatro regiões foram incorporadas à Federação Russa, e de acordo com a lei, mais de 80 mil pessoas receberam passaportes como cidadãos da Federação Russa”, afirmou o Ministério do Interior.

Em setembro, a Rússia organizou “referendos”, denunciados como “farsas” pelos países ocidentais, para anexar as áreas que controla nas regiões ucranianas de Donetsk e Lugansk (leste), assim como nas de Zaporizhzhia e Kherson (sul).

Desde o anúncio das anexações, as forças russas foram obrigadas a ceder terreno ao Exército ucraniano, com retiradas de várias zonas, incluindo a cidade de Kherson, capital da província de mesmo nome.

Anúncio