VÍDEO: brasileiro mata cavalo de R$ 150 mil envenenado na Argentina

O brasileiro era cuidador de cavalos e disse para a família do animal que ele tinha morrido de infarto

Argentina- Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que um cuidador de cavalos brasileiro mata um puro-sangue envenenado dentro de um estábulo.

(Foto: Reprodução)

O caso aconteceu na cidade de Santa Rosa, na Argentina. De acordo com as informações, o brasileiro foi identificado como Ari Soares de Oliveira e o cavalo morto era avaliado em US$ 30 mil, cerca de R$ 150 mil.

O vídeo mostra que o brasileiro fez todo o manuseio de uma substância em uma seringa e depois injetou o líquido no pescoço do cavalo, que se debateu e depois caiu morto.

Além de cuidador de cavalos, Ari também é um jóquei. Ele foi denunciado criminalmente pelos donos do cavalo Festín Texano por maus-tratos e danos ao animal.

O jornal argentino El Diario de La Pampa informou que o dono do cavalo disse que o brasileiro contou que o animal morreu após um infarto. A família acreditou, porém desconfiou já que o cavalo estava saudável.

Dias depois da morte do animal, os donos olharam as imagens das câmeras de segurança do estábulo e descobriram a real causa da morte do cavalo.

Na última quinta-feira (23), Ari Soares recusou-se a depor no inquérito. Em dezembro, o animal, de 3 anos, ganhou um prêmio em Palermo.

Veja vídeo:

 

Anúncio