Vídeo: Escritor Salman Rushdie, jurado de morte pelo Irã, é esfaqueado nos EUA

Rushdie se tornou alvo de uma fatwa — pronunciamento legal emitido por um especialista em lei islâmica — em 1989

EUA – O escritor britânico Salman Rushdie foi esfaqueado no pescoço no palco de um evento no oeste de Nova York, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira (12), segundo relatos. O escritor se tornou alvo em 14 de fevereiro de 1989 de uma fatwa — pronunciamento legal emitido por um especialista em lei islâmica – do aiatolá Ruhollah Khomeini, do Irã.

(Foto: Reprodução / YouTube)

“O suspeito correu para o palco e atacou Rushdie e um entrevistador. Rushdie aparentemente foi esfaqueado no pescoço e foi levado de helicóptero para um hospital da região. Sua condição ainda é desconhecida”, disse a polícia do estado de Nova York em um comunicado.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, Rushdie levou entre dez e 15 golpes. Ainda segundo as autoridades locais, o autor do ataque foi detido por policiais que estavam no evento e está sob custódia. Ele foi submetido a uma cirurgia.

Em vídeos postados nas redes sociais é possível ver pessoas correndo para socorrer o escritor no palco do evento logo após o ataque e, nos momentos seguintes, Rushdie sendo transportado para o hospital em um helicóptero por socorristas.

Rushdie foi jurado de morte em razão de seu polêmico livro de romance “Os Versos Satânicos”. Para Khomeini, o autor, que é de uma família de muçulmanos da Índia, havia insultado fundador da religião islâmica, o profeta Maomé.

O escritor já foi forçado a se esconder quando uma recompensa US$ 3 milhões (R$ 15,2 milhões) foi colocada em sua cabeça, que ainda está de pé.

Veja vídeos:

Anúncio