VÍDEO: soldados israelenses invadem hospital e matam suspeitos de terrorismo

A ação aconteceu em Jenin, na Cisjordânia, nesta terça-feira (30), de acordo com as Forças Armadas de Israel

Cisjordânia – Soldados israelenses à paisana invadiram um hospital para matar três terroristas que seriam do Hamas e da Jihad Islâmica. A ação aconteceu em Jenin, na Cisjordânia, nesta terça-feira (30), de acordo com as Forças Armadas de Israel.

(Foto: Reprodução)

Segundo o diretor da unidade, o grupo de soldados usou armas com silenciadores na operação. Israel alega que os terroristas planejavam um atentado e usavam o hospital como esconderijo.

As forças armadas disseram ter encontrado túneis subterrâneos e afirmaram ter localizado armas e veículos usados ​​no ataque de 7 de outubro nas dependências do hospital.

Imagens de câmeras de seguranças, que as autoridades palestinas dizem ser do hospital, mostraram cerca de 12 pessoas, a maioria armada. É possível perceber que as pessoas estão vestidas como mulheres com lenços muçulmanos na cabeça ou funcionários do hospital, com uniformes médicos ou jalecos brancos.

O porta-voz do hospital, Tawfiq al-Shobaki, disse que não houve troca de tiros. As forças armadas disseram ter matado três terroristas. O Hamas chamou a operção de um “assassinato covarde”.

Veja vídeo:

Anúncio