Vítima expõe queimaduras após explosão de cigarro eletrônico

Autoridades emitiram alerta à população, depois que homem foi hospitalizado por acidente com vaporizador

Austrália – Um australiano acabou hospitalizado com queimaduras severas, após a explosão de um cigarro eletrônico. O acidente foi detalhado em alerta emitido pelo Diretório de Segurança Energética da Austrália Ocidental, segundo o tabloide Daily Mail.

A vítima, indentificada apenas como Steve, acredita que o fato de ter deixado a bateria do vaporizador solta no bolso, junto com algumas moedas, criou a “tempestade perfeita” para a detonação.

Vítima de explosão de cigarro eletrônico exibe queimaduras após o acidente (Foto: Montagem / R7/ Daily Mail)

Ele realizava trabalho no hipódromo da cidade de Perth, quando foi atingido por dor e calor em uma das pernas: “Lembro-me de ter visto um clarão e de ouvir algo assobiando loucamente”, contou, “a bateria queimou através dos shorts e caiu no chão onde ainda se manteve em chamas.”

Ao tirar a roupa, Steve se deparou com uma cena pavorosa: “A pele da coxa parecia ter derretido e havia uma queimadura onde a bateria havia grudado.”

Para evitar esse tipo de situação, usuários de cigarro eletrônico estão sendo incentivados a não sobrecarregar as baterias dos aparelhos e garantir que elas sejam mantidas dentro de suportes de proteção.

Outras recomendações são evitar a exposição do vaporizador à luz direta do sol ou deixá-lo sobre superfícies quentes.

Anúncio