Aluno da rede pública no Amazonas ingressará em Harvard

O jovem, que foi aprovado em cinco universidades norte-americanas, optou por cursar Medicina e Ciências Políticas

Nota do editor: Dois dias após a publicação desta reportagem, foi descoberto que as informações prestadas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) eram falsas. Neste link, a reportagem com as informações corretas: http://ow.ly/jKmlo 

Manaus – Jean Cardoso Lopes, 18, finalista da Escola Estadual Sebastiana Braga, é o mais novo brasileiro habilitado para ingressar na Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo.

O jovem, que foi aprovado em cinco universidades norte-americanas, optou por cursar Medicina e Ciências Políticas e seguirá no final de abril para Boston, nos Estados Unidos.

Por consequência das médias escolares e do empenho na educação, as premiações começaram a surgir na vida do estudante. Dos 11 aos 15 anos, ele foi chamado para participar de diversas olimpíadas científicas dentre as quais de Astronomia, Robótica, Matemática, Lingüística, dentre outras realizadas nacionalmente.

Nessas competições, Jean contabilizou 23 medalhas e diversas menções honrosas pela participação.

Em 2010, aos 15 anos e dando início ao ensino médio, conseguiu viajar para cinco países participando de concursos, olimpíadas educativas e exposições.

Em Buenos Aires, na Argentina, o estudante participou de uma exposição de robótica e concurso de matemática enquanto em Caracas, na Venezuela, ministrou palestras para estudantes do ensino médio.

Já na capital da Guiana Francesa, Caiena, Jean competiu nas olimpíadas de astrofísica, na cidade de La Paz, na Bolívia, e participou de concurso de Física e da elaboração de projetos e concurso de linguística.

Na Cidade do México, ele concorreu nas olimpíadas de astronomia.

Trajetória

Nascido na comunidade de Vila Flexal, em Óbidos, no Pará, Jean Cardoso Lopes é filho do encanador Jonas Correa Lopes e da auxiliar de serviços gerais Vanuza Cardoso Lopes.

Após inúmeras competições, em 2011, o estudante decidiu morar em Manaus, com seu irmão Jonas Lopes. Na capital amazonense, hospedou-se na casa de seus tios e deu continuidade aos estudos, concluindo o ensino médio na escola estadual Sebastiana Braga.

Durante o período escolar, Jean foi convidado para participar de um concurso de astronomia na Polônia e para outras competições educativas no Brasil.