Aneel decidirá sobre reajuste de energia elétrica no Amazonas

O colegiado avalia o pedido da empresa e decide com base nos cálculos da agência quanto será reajustado nas contas de energia.

Manaus – A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidirá em 1º de novembro o valor do reajuste da tarifa de energia elétrica do Amazonas.  A Eletrobras Amazonas Energia tem até 1º de outubro para enviar o pleito com o pedido de reajuste para os consumidores do Estado.

Segundo a assessoria de comunicação da Amazonas Energia, os estudos sobre o processo de reajuste tarifário anual 2010 não foram iniciados, mas costumam seguir o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). A assessoria informou que, diferente da revisão tarifária que acontece de quatro em quatro anos e depende de um estudo aprofundado, o reajuste da tarifa é feito a cada ano com base na inflação. O IGP-M acumulado desse ano indicou uma inflação de 5,85%.

O colegiado avalia o pedido da empresa e decide com base nos cálculos da agência quanto será reajustado nas contas de energia.

O valor atual da tarifa residencial de energia elétrica no Amazonas é R$ 0,31024 por Kwh. Se o reajuste seguir a inflação esse valor passará a  0,32839 por Kwh. Uma família de quatro pessoas que consome em média 200 Kwh por mês, paga atualmente R$ 62,05. Com o novo reajuste essa família pagará R$ 65,68 na conta de luz.

A tarifa residencial de energia elétrica praticada no Amazonas ocupa o 42º lugar entre as 60 empresas concessionárias do Brasil. O primeiro lugar aponta a tarifa mais cara do País.

Anúncio