App de relacionamento para idosos é lançado nos EUA e Austrália

A identidade usada na rede social deve ser verdadeira, e a foto do perfil precisa ser tirada com o aplicativo, para assegurar a veracidade

São Paulo – Stitch é a mais nova rede social destinada para usuários da terceira idade. Ele mostra pessoas geograficamente próximas  e, assim como o popular app Tinder, só notifica os usuários caso ambos tenham “curtido” um ao outro.

“Acredite ou não, para idosos, a solidão mata mais do que a obesidade ou o fumo”, diz Andrew Dowling, criador da rede, em entrevista à Vice. “A verdade é que precisamos nos manter conectados socialmente, se quisermos nos manter saudáveis”, completa.

O foco da rede é ajudar os idosos para que interajam socialmente, conseguir uma companhia para bailes e viagens. A proposta da iniciativa está descrita no site: “Nem todo mundo procura um amor, mas todos precisam de companhia”.

A identidade usada na rede social deve ser verdadeira, e a foto do perfil precisa ser tirada com o aplicativo, para assegurar a veracidade estética. Por enquanto, a rede só funciona no computador e não envia mensagens diretas aos contatos; assim que duas pessoas se “curtem”, um botão estabelece a ligação entre elas.

O Stitch está em versão beta, disponível apenas em algumas regiões dos EUA e Austrália, mas existem planos de expansão para mais localizações.

 

Anúncio