Arthur Neto anuncia secretários e reduz número de secretarias para 25

Futura primeira-dama, Maria Gorete do Carmo Ribeiro, será titular da Secretaria Municipal de Assistencial Social (Semasdh) e não receberá salários pelo seu trabalho.

Manaus – O prefeito eleito Arthur Neto, que toma posse no próximo dia 1º, anunciou, na tarde de hoje, a redução de 23 para 17 secretarias municipais, além de diminuir de 10 para 8 o número de órgãos de administração indireta, com status de secretaria. Além disso, no anúncio de seu secretariado, Arthur destacou também que o número de subsecretários caiu de 48 para 34.

Entre os principais nomes do secretariado, está o do vice-prefeito eleito, Hissa Abrahão, que ficará responsável pela Secretaria Municipal de Obras e Habitação, que substituirá a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Outro nome de destaque é o de Pauderney Avelino, deputado federal pelo DEM, que assumirá a Secretaria Municipal de Educação.

Além deles, Arthur anunciou, também, o nome da futura primeira-dama, Maria Gorete do Carmo Ribeiro, como titular da Secretaria Municipal  de Assistencial Social (Semasdh). De acordo com o prefeito eleito, ela não receberá vencimentos pelo trabalho na função.

“Fizemos este secretariado com muito cuidado, é impossível agradar a todo mundo. Há pessoas leais que não fazem parte desse primeiro escalão. Espero agradar sobretudo à cidade de Manaus, com a impessoalidade com a qual construímos este secretariado”, afirmou Arthur Neto, ressaltando que a composição do secretariado foi feita sem qualquer compromisso partidário. “Não tenho compromisso nem com o PSDB. Não tem cota para partido nenhum. Isso me cheira a escândalo que aparece no Jornal Nacional”.

De acordo com o prefeito eleito, a capacidade técnica foi o principal critério na hora da composição do secretariado. Um exemplo citado por ele, para ilustrar tal situação, foi o de Humberto Michilles, escolhido para a secretaria de Governo, mesmo que já tenha sido seu adversário em anos anteriores. “Ele nunca foi meu aliado, mas não posso negar a capacidade política do Humberto Michilles”, ressaltou, citando também o nome de Kátia Schweickardt, que assumirá a pasta de Meio Ambiente e Sustentabilidade. “Quando o nome dela surgiu e nós decidimos, ela veio humildemente me falar que nunca havia votado em mim. Mas isso não importa”. 

Cargos comissionados

Ainda durante o anúncio dos secretários, Artur ressaltou que a prefeitura de Manaus terá cerca de 1500 cargos comissionados, dentre os quais 100 foram selecionados por meio de currículos enviados ao seu email pessoal.

 

CONFIRA A LISTA COMPLETA

Seminf /habitação – Hissa Abrahão
Semed – Pauderney Avelino
Saúde – Evandro Melo
Semad – Luiz Irapuã Pinheiro 
Semmas – Kátia Schweickardt
Semef – Ulisses Tapajós
Semcom – Márcio Noronha
Sempab – Jefferson Praia
Semulsp – Paulo Ricardo Rocha Farias
Semdej – Fabrício Lima
Semgov – Humberto Michiles
Secretaria extraordinária de requalificação do centro de Manaus – Rafael Lemos Assayag 
Gabinete Civil – Lourenço Braga
Procuradoria Geral do Município – Marcos Herzon Cavalcante
Gabinete Militar – José Fernandes
Semasdh – Maria Goreth do Carmo Ribeiro
Semtrad – José Augusto Rodrigues
Implurb – Roberto Moita 
SMTU e Manaustrans– Pedro Carvalho
Manaustur – Inês Daou
FESPM – Luiza Maria Bessa Ribeira
Fundação Dr. Thomas – Marta Moutinho 
Manausprev – Edson Nogueira Fernandes
ManausMed – Roberto de Souza