Campanha no Facebook pede fabricação de Barbie careca

A ideia é que a boneca ajude crianças a lidar com a perda de cabelo provocada pelo tratamento contra o câncer ou por alguma outra doença, como a alopécia e a tricotilomania.

Rio de Janeiro – Foi criada no Facebook uma campanha pedindo que a empresa Mattel, responsável pela fabricação das bonecas Barbie, criem uma versão sem cabelo do brinquedo. A ideia é que a boneca ajude crianças a lidar com a perda de cabelo provocada pelo tratamento contra o câncer ou por alguma outra doença, como a alopécia e a tricotilomania.

Os pais de crianças com câncer, que iniciaram a campanha, acreditam que a iniciativa pode aumentar a autoestima de seus filhos doentes (ou que veem seus parentes doentes), pois, ver um símbolo da beleza careca, faria com que se sentissem também bonitos e mais incluídos na sociedade.

A página da ação no Facebook já tem mais de 86 mil participantes e o sonho destes pais não parece tão distante. A Mattel já chegou a produzir, no início de 2010, uma única Barbie careca, vestida de princesa, para atender aos pedidos dos pais da garota Genesis Reyes, à época com 4 anos.

A menina americana havia perdido todo seu cabelo durante a quimioterapia para tratar um câncer e acreditava que, por causa disso, não poderia mais ser uma princesa.

Então uma amiga dos pais de Genesis, que conhecia o presidente da companhia, pediu que esse modelo especial da boneca fosse fabricado. Não só a demanda foi atendida, como a Barbie, vestida como uma princesa, foi batizada com o nome “Genesis”.

Os líderes da campanha “Beautiful and bald Barbie! Let’s see if we can get it made” (Barbie linda e careca! Vamos ver se conseguimos que ela seja fabricada) desejam que a boneca “Genesis” seja incluída na linha de produção da marca e ainda sugerem que lenços e chapéus sejam usados como acessórios.

 

Anúncio