Construtoras do Amazonas priorizam classe B e C

Maioria dos imóveis que serão disponibilizados no Feirão da Caixa tem preços entre R$ 74,5 mil e R$ 150 mil.

Manaus – Dos 13 mil imóveis que vão estar à venda no Feirão da Caixa, 67% são dirigidos para a faixa de renda de três a dez salários mínimos, contemplada pelo  Programa Minha Casa Minha Vida do governo federal, com valores entre R$ 74,5 mil a R$ 150 mil. O evento começa na sexta-feira e vai até domingo no Manaus Plaza Centro de Convenções.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o número de construtoras que confirmaram presença subiu de 16 da última sexta-feira, para 18. Também vão estar presentes no evento três imobiliárias e as lojas Stok Casa e Dinâmica.

Para facilitar o fechamento dos negócios, a Caixa terá à disposição técnicos que farão a análise de crédito e o processo de financiamento para os interessados em comprar imóveis de forma mais rápida.

Nos anos anteriores, o Feirão ofereceu imóveis novos e na planta. Neste ano, como novidade, o evento também oferece a modalidade imóvel usado.  No decorrer do Feirão, o interessado na compra da casa própria pode conhecer o imóvel, fechar negócio e dar entrada nos papéis do financiamento.

A Caixa informa que para a análise de crédito e o financiamento é necessário levar documentos como RG, CPF e comprovantes de renda, sendo os três últimos contracheques ou seis últimos extratos bancários, para o caso de renda informal.

De acordo com o banco, as linhas de financiamento para a casa própria atendem a todas as faixas de renda familiar, com prazo de pagamento de até 30 anos. Os juros podem variar de 4,5% até 13,5% ao ano, mais TR. Os interessados na compra de uma moradia vão encontrar oportunidades de negócios com financiamento de até 100% do valor do negócio.

No ano passado, mais de 25 mil pessoas visitaram o Feirão da Caixa, onde foram assinados e encaminhados 2.218 negócios, o equivalente a mais de R$ 280 milhões. A expectativa da Caixa é que no evento deste ano sejam comercializados R$ 300 milhões em imóveis.

Baixo custo

A  Direcional Engenharia anunciou que vai oferecer imóveis novos com parcelas mensais de R$ 99, acessíveis a famílias com renda mensal a partir de R$ 1,4 mil. Localizado na Avenida Torquato Tapajós, a terceira  etapa do Total Ville Manaus, que disponibilizará 750 unidades para o programa  ‘Minha Casa, Minha Vida’, segundo o superintendente de Incorporações da empresa, Paulo Assis. “Essa iniciativa reitera o foco da empresa nesse segmento”.

A disponibilização de um imóvel com baixo custo foi possível com a adesão da construtora ao Regime Especial de Tributação (RET). “Fizemos uma pesquisa mercadológica para diminuir o prazo da obra e diminuir os custos da construção e chegamos ao RET”, explica.

Segundo Assis, a economia se deve, principalmente, a aplicação do processo industrializado, no qual é utilizado, por exemplo, forma de alumínio na construção. Esse material está em conformidade com o programa, que prevê processos construtivos rápidos e econômicos, acrescenta o superintendente da Direcional.

Anúncio