Em Manaus, menina de 14 anos acusa três amigos de estupro

De acordo com o delegado, adolescente apresentou mais de uma versão sobre o caso

Manaus – Sob efeito de drogas, uma adolescente de 14 anos foi levada pela Polícia Militar, na manhã desta terça-feira (18), para o 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), alegando ter sido estuprada por três amigos, também adolescentes, em um terreno, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus. Segundo o delegado Walter Cabral Filho, do 26º DIP, a adolescente apresentou mais de uma versão sobre o caso e foi orientada a prestar um novo depoimento, na manhã de hoje.

De acordo com o delegado, a adolescente foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exames de conjunção carnal e anal e ao serviço psicossocial da delegacia para dependentes de drogas. 

Cabral informou que, durante o depoimento a adolescente apresentou várias versões. “Primeiro, a menor falou que havia sido forçada pelos três amigos a fazer sexo. Depois, falou que o trio era amigo dela, que era usuária de drogas e esses amigos davam drogas de graça para ela”, disse.

O delegado informou, ainda, que os três adolescentes apontados pela garota como suspeitos do estupro não foram localizados pela polícia.

Segundo Walter Cabral Filho, a adolescente foi orientada a comparecer com a mãe dela, nesta quarta-feira, para prestar um novo depoimento sobre o caso. O delegado afirmou, ainda, que aguarda o resultado dos exames que devem sair em 30 dias para confirmar se houve o estupro.