Em Manaus, novos abrigos de ônibus são concluídos e entregues à população

“As paradas que possuem telhas de barro não são viáveis porque roubam as telhas e o gasto é semanal. As outras, com estrutura quase que toda de vidro, são depredadas com facilidade também”, informou Hissa.

Manaus – Pelo menos 11 novos abrigos de ônibus foram concluídos pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) – outros nove estão em fase de construção. Os abrigos estão localizados em diversas zonas da cidade e a meta é que, até o fim de dezembro, 50 estruturas do tipo sejam entregues à população.

Dos 11 abrigos concluídos, quatro foram construídos na zona Norte, três na zona Sul e quatro na zona Oeste. A estrutura das novas paradas é constituída de concreto pré-moldado. Os abrigos contam, ainda, com iluminação, pintura, espaço publicitário e painel contendo os itinerários dos ônibus.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Hissa Abrahão, este tipo de abrigo foi escolhido pela grande durabilidade e pelo fato de a manutenção ser de baixo custo. Na terça-feira à noite, 5, ele inspecionou duas paradas novas construídas no Tarumã e disse que a próxima meta é implantar nas paradas as linhas de ônibus que por ali passam.

“Mesmo tendo uma vidraça, a manutenção é baixíssima. As paradas que possuem telhas de barro não são viáveis porque roubam as telhas e o gasto é semanal. As outras, com estrutura quase que toda de vidro, são depredadas com facilidade também. As novas dificilmente terão gastos. Os novos abrigos são a forma encontrada para evitar custos elevados com a manutenção, além de ser uma maneira eficaz de evitar a depredação do patrimônio público.”, informou Hissa.

A obra, licitada no valor de R$ 5.320.372, contempla 200 paradas, sendo 70 na zona Leste, 70 na zona Norte, 30 na zona Sul e 30 na zona Oeste.

As obras foram iniciadas em agosto passado e as zonas Norte e Leste serão as primeiras a receber os novos abrigos. O prazo para a conclusão da obra está estimado em seis meses.