Frota do transporte coletivo diminuiu em Manaus desde 2007

Desde dezembro de 2007, o número de ônibus reduziu de 1.359 para 1.301 na capital amazonense, segundo o IMTT.

Manaus – Nos últimos dois anos e meio, a frota operante de transporte coletivo em Manaus reduziu de 1.359 ônibus em dezembro de 2007 para 1.301 em junho deste ano, segundo dados do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT). Em contrapartida, a população da cidade teve aumento de 90 mil habitantes entre 2007 e 2009, de acordo com a mais recente  estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resumo operacional das empresas que fazem o transporte coletivo na cidade revela que algumas linhas que transportam grande quantidade de passageiros tiveram sua frota de ônibus reduzida. É o caso da linha 300, operada pela empresa Transamazônia (antiga Eucatur), que parte do Terminal 3 em direção ao Centro da cidade. Em 2007, a linha contava com 15 ônibus articulados, este ano são apenas 12.

A maior redução é constatada na linha 550, também operada pela Transamazônia, que faz o trajeto do bairro Novo Israel, zona Norte, ao Centro da cidade. Em 2007, eram 13 ônibus operando na linha, este número reduziu para oito.

Zona Leste

O problema da redução de ônibus em linhas não é exclusividade da zona norte da cidade. Na zona leste, a linha 672 que parte do Terminal 5 (São José) para o Centro da cidade, contava com 13 ônibus articulados em 2007, atualmente são apenas nove veículos. A doméstica Salete Araújo da Silva, 37, estava ontem no Terminal 5 aguardando a linha 672. Ela se revolta ao saber da redução. “Isto é ‘muito’ errado, uma falta de respeito com o usuário”.

Segundo a assessoria de comunicação do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Amazonas (Sinetram), a quantidade de ônibus que devem operar nas linhas é determinada pelo IMTT. A assessoria do IMTT disse que irá se manifestar hoje sobre a redução do número de ônibus na cidade e da frota em algumas linhas.