Homem é preso suspeito de matar guarda municipal em Coari

Guardas municipais perseguiam Rafael Aguiar Araújo, que estava em uma motocicleta, quando ele disparou tiros que mataram Jociney Alves Mesquita, 31.

Manaus – Rafael Aguiar Araújo, 18, foi preso na manhã do último sábado, no município de Coari (a 363 quilômetros a oeste de Manaus), suspeito de ter assassinado o guarda municipal, Jociney Alves Mesquita, 31, na noite de sexta-feira, com três tiros.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Interativa de Coari, Rafael da Costa e Silva, Rafael estava em uma motocicleta sendo perseguido por dois guardas, pois apresentava atitude suspeita.

Quando chegaram em uma ponte, que liga o bairro Duque de Caxias ao Centro, Rafael abandonou a moto e efetuou os disparos que atingiram o guarda. Jociney foi socorrido e levado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

“Com o chassi da moto em mãos, realizamos buscas pela cidade e encontramos o proprietário da moto, que alegou que tinha alugado ao Rafael”, relatou o delegado.

Rafael foi preso na residência da tia dele, no bairro Tauá Mirim, por policiais militares, . Ainda segundo o delegado, ele tentou fugir pela porta dos fundos da casa. A arma foi entregue a um outro homem, que fugiu do município.

Rafael foi encaminhado para a Unidade Prisional de Coari e responderá pelo crime de homicídio, que varia entre 6 a 20 anos de prisão.

Anúncio