Jovem é morta com 5 facadas por ex-padrasto no Nova Esperança

Laura Ribeiro de Andrade, 22, foi esfaqueada quando tentava impedir a mãe de ser assassinada.

Manaus – A estudante Laura Ribeiro de Andrade, 22, foi assassinada com cinco facadas ao evitar que a mãe, a industriária Selma Matos Ribeiro, 55, fosse morta pelo ex-padrasto, o pedreiro Domingos de Souza Teixeira, 55. O crime ocorreu por volta das 5h30 de sexta-feira (22), na Rua Doutor Maia, no Nova Esperança, zona centro-oeste. O suspeito foi detido por moradores, espancado e depois entregue à polícia.

Em depoimento, Domingos disse que praticou o crime por ciúme. “Ela estava me traindo. Eu vi fotos no celular dela com outro homem. Eu não queria matar a Laura, era para ferir só a Selma”, afirmou. O suspeito foi levado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (19º DIP).

O filho de Selma, o vigilante Anderson Matos, 30, informou que a mãe convivia com Domingos há pouco mais de 30 dias. 

A camareira Suelen Silva de Souza, 35, disse que Laura estava indo acompanhar a mãe até o ponto de ônibus. Quando se aproximaram da casa da testemunha, Domingos surpreendeu a ex-companheira e a atingiu com duas facadas, sendo uma na barriga e outra nas costas. A filha viu a mãe ser atingida e correu para tentar ajudar.

De acordo com Suelen, Domingos passou a esfaquear a ex-enteada e após três facadas nos braços a jogou no chão e a atingiu com outros dois golpes. Após o crime, o suspeito tentou correr para simular um assalto, mas acabou sendo detido por moradores do local e espancado.

Anúncio