Marido bate na mulher e mata o sogro a facadas na zona norte

O pedreiro Raimundo Neuton , 38, foi assassinado quando tentou defender a enteada.

Manaus – O pedreiro Raimundo Neuton Alves Braz, 38, foi assassinado com duas facadas, sendo uma no peito e outra na cabeça, durante a madrugada de hoje, na Rua Celebridade, no Novo Israel, zona norte. A esposa dele, a dona de casa Maria do Socorro Braz, 48, contou que o crime foi praticado pelo genro dele, o servente de pedreiro Júlio César Serrão Gomes, 31, após a vítima tentar defender a enteada durante uma briga.

Maria comentou que ainda tentou correr e segurar Júlio, para evitar que ele agredisse Raimundo. “Eu puxei pela camisa dele (Júlio), mas quando eu vi, meu marido já estava ferido. Ele acabou com a minha vida e agora nós queremos justiça”, pediu ela. O crime vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Raimundo foi assassinado por volta de meia-noite. De acordo com Maria, ele havia ido até a casa da enteada depois dela ter dito que havia sido espancada por Júlio. Quando chegou, encontrou o suspeito agressivo e começaram a discutir, logo em seguida, Júlio pegou a faca e atingiu a vítima.
 Até o fechamento desta edição, o suspeito não havia sido localizado pela polícia.