Mulher é presa com meio quilo de droga na genitália

De acordo com a agente de disciplina do Compaj, Luciana da Silva, 34, no procedimento de revista as mulheres ficam nuas, em seguida ficam agachadas e, por fim, sentam no banco detector de metais.

Manaus – Uma mulher foi presa, por volta das 13h deste domingo (19), ao tentar entrar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, no quilômetro 8, da BR-174 (Manaus –Boa Vista), com cerca de meio quilo de droga na genitália.

A droga foi descoberta quando a dona de casa Carla Rosana Campelo de Souza, 27, teve que passar pela sala de revista da unidade penitenciária. A suspeita foi encaminhada ao 15° Distrito Integrado de Polícia (15°DIP).

De acordo com a agente de disciplina do Compaj, Luciana da Silva, 34, no procedimento de revista as mulheres ficam nuas, em seguida ficam agachadas e, por fim, sentam no banco detector de metais.

“A droga estava enrolada em papel alumínio, o que acionou o detector de metais”, contou a agente. Ela afirmou, ainda, que a dona de casa tinha duas porções de entorpecentes na genitália, uma de maconha e outra de pasta-base de cocaína, além de R$ 50.

Segundo o delegado plantonista do 15° DIP, José Campelo, Carla foi  autuada em flagrante por tráfico de entorpecentes e hoje será levada para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoal, no Centro.

Anúncio