Pastor é preso suspeito de estuprar filha adotiva de dez anos em Lábrea

O pastor e a esposa vão responder pelos crimes estupro de vulnerável a pratica de atos libidinosos.

Manaus – O pastor evangélico Francisco Rodrigues de Souza foi preso em Lábrea, no Amazonas, por suspeita de ter violentado sexualmente a filha adotiva dele de 10 anos. A prisão ocorreu durante o fim de semana em cumprimento a um mandado expedido pela juíza titular da Comarca, Dinah Câmara.

De acordo com a titular da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA) de Lábrea, Fernanda Cavalcante, além do pastor, a esposa dele e a secretária da casa, também tiveram a prisão preventiva decretada. A esposa do suspeito já está presa e a empregada encontra-se foragida.

A delegada informou que a polícia solicitou a prisão preventiva dos suspeitos depois do caso ter sido denunciado pela própria empregada ao conselho tutelar do município. De acordo com a polícia, a suspeita mantinha um caso com o pastor e resolveu denunciá-lo depois que ele terminou o relacionamento com ela.

Em depoimento à polícia, a menina declarou que era estuprada pelo padrasto e também era obrigada por ele a posar nua para o suspeito e ainda presenciar atos libidinosos.

O pastor e a esposa vão responder pelos crimes estupro de vulnerável a pratica de atos libidinosos.  

 

Anúncio