PSL oficializa apoio às candidaturas de José Melo e Omar Aziz

Evento foi realizado na manhã de hoje e contou com a presença de membros 

Manaus – O Partido Social Liberal (PSL) declarou apoio as pré-candidaturas do governador José Melo (Pros) a reeleição, e do ex-governador Omar Aziz (PSD) ao Senado. A declaração de apoio foi proferida pelo presidente regional da sigla, deputado estadual Tony Medeiros.

Em seu discurso, Tony disse que o apoio não era segredo e já tinha sido costurado a meses. Segundo ele, a proposta de governo do Pros e PSD “parecem muito com a identidade do PSL”

“Nesse momento o PSL anuncia apoio irrestrito ao governador José Melo e ao nosso pré-candidato ao senador, Omar Aziz”, disse.

Antes do anuncio, Tony disse ao D24am que o candidato a presidência que terá o apoio do bloco, ainda não foi definido, e será indicado por Melo e Omar.

Sobre as articulações em nível regional, Tony adotou o mesmo suspense que o governador José Melo de que a população “terá uma grande surpresa”. E vai adiante: ” ou melhor três grandes surpresas”, disse o deputado, sem entrar em detalhes. “Eu prometi que não falaria. Se alguém falar aqui, o adversário reage de lá. O momento agora é de fazer segredo mesmo”, disse.

O governador José Melo (Pros) disse que as especulações de que ele vai apoiar o presidenciável Aecio Neves “não são verdade”. “Isso ainda não está definido. Isso que estão falando por aí não é verdade. No momento certo vamos definir” disse Melo, antes de compor a Mesa no evento.

O evento contou com a presença dos deputados estaduais David Almeida (PSD), Fausto Souza (PSD) Sidney Leite (Pros), Abdala Fraxe (PTN), Francisco Souza (PSC) e o presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto (PSD). 

“Vai acontecer um tsunami pro Melo. Amanhã terá uma grande festa. E até a semana que vem vocês vão ver que a candidatura do Melo vai ganhar corpo. E tudo isso sem agredir ninguém”, disse Omar

Sem entrar em detalhes, o deputado federal Silas Câmara (PSD) deu indicações de que o grupo está insatisfeito com a presidente Dilma Roussef (PT), candidata a reeleição, devido a demora em aprovar a prorrogação da Zona Franca de Manaus e a extensão de seus benefícios a região metropolitana. “Será que e presidenta não tinha condições de aprovar isso antes? Mesmo que aprove a prorrogação da ZFM, vai cumprir apenas metade da promessa, que a de estender para a região metropolitana, que foi uma promessa dela, ela não vai conseguir”, disse.

“Acredito que ela está correndo grande risco de não ter aqui no Amazonas o apoio dos últimos anos”, acrescentou.

Em abril, questionado sobre o apoio a Dilma Roussef, o ex-governador Omar Aziz disse que não tinha “motivo para caminhar com o PT” e chegou a falar na “possibilidade” de apoiar Aécio.

Até agora já declararam apoio as candidaturas de Omar e Melo, o PRP, PSD, PSC, e PTN. O PSDB tem a previsão de declarar apoio amanhã.
 

Anúncio