Técnico em informática é preso por falsificar diplomas em Manaus

O delegado plantonista do 3º DIP, Guilherme Antoniazzi, informou que as pessoas que pediam diplomas ou certificados falsificados serão investigados.

Manaus – O técnico em informática Lúcio Rocha do Nascimento, 50, foi preso por policiais civis do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), por volta de 12h, desta sexta-feira (17), em uma casa na Rua Antônio Passos de Miranda, no Petrópolis, zona sul de Manaus, por suspeita de falsificação de diplomas do Ensino Médio.

De acordo com o investigador do 3º DIP, Geraldo Filho, o suspeito foi denunciado na delegacia por duas vítimas e a Polícia Civil já estava investigando o técnico em informática há uma semana. “A falsificação era feita em uma impressora simples e no local apreendemos diversos materiais”, disse Filho.

Com o suspeito, os policiais civis encontraram dois diplomas, duas identidades dos possíveis clientes, notebook, impressora, uma CPU, monitor, pen drives e outros objetos.

Lúcio negou que falsificava documentos. “Não vendia nada. Só duas pessoas que deixaram os documentos deles lá em casa. Eu sou um rapaz trabalhador e não sou vagabundo”, disse Nascimento.

O suspeito foi encaminhado ao 3º DIP, no Petrópolis, onde foi autuado por falsificação de documento público, já que os dois diplomas encontrados na residência do técnico de informática eram da Escola Estadual Tiradentes, localizada no Petrópolis, e também responderá estelionato.

O delegado plantonista do 3º DIP, Guilherme Antoniazzi, informou que as pessoas que pediam diplomas ou certificados falsificados serão investigados. Os materiais encontrados na residência do suspeito foram encaminhados para a perícia do Instituto de Criminalística (IC).