Vigilância sanitária fiscaliza bares e restaurantes em flutuantes no Amazonas

Fiscalização ocorreu em dois bares e dois restaurantes localizados nos rios Tarumã e Tarumã Açu.

Manaus – A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) realizou a fiscalização de dois bares e dois restaurantes localizados nos rios Tarumã e Tarumã Açu, na tarde desta sexta-feira (10). A operação faz parte de um processo de avaliação e monitoramento de cerca de 90 estabelecimentos na cidade de Manaus, para receber turistas no período dos jogos olímpicos.

Os estabelecimentos que receberam inspeções da Visa Manaus foram o Flutuante do Peixe-Boi e Flutuante do  Sedutor, no rio Tarumã Açu, Flutuante Maloca Amazônia e Reataurante da Doró, no Rio Tarumã.

Segundo a gerente de vigilância em serviços da Visa, Hingrid Corrêa, durante as fiscalizações, foi vistoriado desde a estrutura dos locais até as condições dos alimentos oferecidos em cada estabelecimento.

Hingrid explicou que os 90 estabelecimentos serão fiscalizados semanalmente, até o mês de julho. Durante o período, a Visa analisará se os proprietários buscaram se adequar às observações feitas.

Ainda de acordo com Hingrid, a operação de avaliação e monitoramento dos estabelecimentos começou na quinta-feira (9) e a primeira semana de fiscalizações terminou nesta sexta-feira.

De acordo com o gerente de engenharia da Visa, Jorge Henrique Viana, será dado um ateste sanitário, ao fim das fiscalizações, para os estabelecimentos que estiverem dentro dos padrões de funcionamento da Visa. \”Com isso, vamos atestar para o público e os turistas, que o local está em boas condições para recebê-los\”, disse.

Ao fim das fiscalizações, Jorge Viana informou que o flutuante Maloca Amazônia foi notificado de que precisa de melhorias nas condições dos banheiros e cozinha, além de reparos na estrutura. No Restaurante da Doró, foi constado que pratos e talheres estavam nos padrões, mas os fiscais solicitaram melhorias nas condições da cozinha. Para o  flutuante Peixe-Boi, a Visa deu orientações sobre utensílios de cozinha e acondicionamento de alimentos.

O Flutuante Sedutor estava fora de funcionamento por estar em um processo de troca de proprietário, de acordo com Jorge Viana. O local foi orientado a procurar a Vigilância Sanitária para se informar a respeito dos padrões de funcionamento e se adequar antes de voltar a funcionar.

*Matéria atualizada às 17h50 para acréscimo de informações.