Arquiteta dá dicas para um quarto de bebê simples, mas situado nas tendências

O universo do design, da decoração e da arquitetura está, cada vez mais, buscando opções que transformem esse espaço em um ambiente confortável e aconchegante

Manaus – O quarto do bebê requer tantos cuidados como qualquer outro cômodo da casa. Afinal de contas, é nele que a criança passa a maior parte do seu tempo, descansado e se preparando para o mundo. Por isso, o universo do design, da decoração e da arquitetura está, cada vez mais, buscando opções que transformem esse espaço em um ambiente confortável e aconchegante.

Uma das novidades mais utilizadas no momento são os quartos montessorianos, inspirados na filosofia Montessori (Foto: Divulgação)

A arquiteta Débora Matos conta que uma das novidades mais utilizadas no momento são os quartos montessorianos, inspirados na filosofia Montessori de educação. “Ele visa estimular a criatividade e a autonomia da criança, por meio da liberdade. Pode ser usado por toda a infância com cuidados específicos para cada fase”, explica. O método é o resultado de pesquisas científicas e empíricas desenvolvidas pela médica e pedagoga Maria Montessori, oriunda da Itália.

Outro ponto abordado pela arquiteta diz respeito às tendências de cores e temas. De acordo com ela, “existem infinitas possibilidades no universo infantil”. “Para cada personalidade, um estilo. Para ares modernos, as formas geométricas são uma boa pedida, assim como também o estilo escandinavo. O uso da madeira com os queridinhos ‘ripadinhos’ são uma forte tendência que amo usar nos projetos”, comenta Débora.

Sobre as cores, ela ressalta que as claras e calmas são suas eleitas, com pontualidade de cores mais alegres. “Assim, conseguimos equilíbrio na decoração, visto que os brinquedos infantis são bastante coloridos. Além do mais, a grande aposta é fugir dos tradicionais rosa para as meninas e azul para os meninos. As cores estão sempre ligadas à personalidade das crianças e é muito importante respeitar isso no projeto de arquitetura de interiores. Já usei cinza e azul para menina. Fico superdelicado e deu muito certo”, revela ela, lembrando que as cores vibrantes em excesso podem deixar as crianças muito estimuladas. “Uso com cautela”.

Móveis

No quesito móveis, Débora destaca a tecnologia borda a laser da Dell Anno. “Exclusiva da grife no Brasil, o produto não possui emendas e, com ele, conseguimos arredondar os temidos cantinhos dos móveis. Esse é um grande aliado no quarto Montessori e faz os papais e a arquiteta ficarem tranquilos”.

Ainda no mesmo assunto móveis, a profissional salienta que os laqueados são sempre uma ótima pedida. “Além das diversas possibilidades de cores, eles têm muito mais durabilidade de resistência”. “Portanto, em um quarto de bebê não pode faltar aconchego, segurança e espaço. Com um projeto de arquitetura de interiores, conseguimos isso. É importante pensar que o quartinho será um grande universo a ser descoberto e que cada detalhe deve ser pensado com muito cuidado, amor e atenção”, finaliza Débora.

Uma das novidades mais utilizadas no momento são os quartos montessorianos, inspirados na filosofia Montessori (Foto: Divulgação)

Anúncio