Amazonas Filarmônica apresenta concerto inspirado em comédia de Shakespeare

A obra ‘Sonhos de Uma Noite de Verão’, de Felix Mendelssohn, é conhecida pela ‘Marcha nupcial’, até hoje tocada em casamentos. Evento será nesta quinta-feira

Manaus – Inspirada numa das mais famosas comédias de Shakespeare, ‘Sonhos de Uma Noite de Verão’, de Felix Mendelssohn, é a atração do concerto que a Amazonas Filarmônica apresenta, nesta quinta-feira (1º), às 20h, no Teatro Amazonas. O espetáculo faz parte da Série Guaraná de concertos de música erudita, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Sob a regência de Luiz Fernando Malheiro, titular da Amazonas Filarmônica, a apresentação do concerto reúne a abertura, escrita por Mendelssohn (1809-1847), quando o compositor alemão contava apenas 17 anos de idade, e a música incidental para a peça, composta 16 anos mais tarde. “É uma obra bonita e delicada, com orquestra e coro feminino”, comentou Malheiro.

Amazonas Filarmônica apresenta ‘Sonhos de uma noite de verão’ em concerto, nesta quinta (Foto: Michael Dantas/SEC)

O concerto contará com a participação de duas solistas, as sopranos Isabelle Sabrié e Amanda Aparício – esta pela primeira vez se apresentando com a Amazonas Filarmônica – e ainda do ator Matheus Sabbá, no papel de narrador, fazendo a ligação entre os números musicais e as cenas da peça original de William Shakespeare (1564-1616).

Uma curiosidade sobre a versão musical de ‘Sonhos de uma noite de verão’ é a sua ‘Marcha Nupcial’: o arranjo original em dó maior, que serve de intermezzo entre o quarto e o quinto atos da peça, até hoje é usado na trilha sonora de cerimônias de casamento, sendo uma das composições musicais mais conhecidas em todo o mundo.

O concerto da Amazonas Filarmônica tem entrada gratuita para os camarotes, e ingressos a R$ 50 para plateia e frisas.

Agenda

A programação da Amazonas Filarmônica em março segue no dia 8, com um concerto reunindo o ‘Concerto para dois pianos nº 10’, de W.A. Mozart (1756-1791) e a ‘Suite Pulcinella’, de Igor Stravinsky (1882-1971), sob a condução de Malheiro.

Na apresentação da peça de Mozart, ao lado da orquestra, estarão ao piano os solistas, Marcelo de Jesus, também regente adjunto da Amazonas Filarmônica, e Renan Branco, músico convidado. A obra do compositor alemão é dividida em três movimentos: ‘Allegro’, ‘Andante’ e ‘Rondo’.

Já a ‘Suite Pulcinella’ contará com a participação de um quinteto solista, o Quinteto Elgar, formado por instrumentistas da Amazonas Filarmônica: Bárbara Soares e Igor Jouk (violinos), Diemerson Sena (viola), Anna Samokish (violoncelo) e Gabriel Neves Coelho (piano). Apresentada pela primeira vez em 1922, a suíte é derivada do balé homônimo de Stravinsky, escrito pelo compositor russo em 1920.

Após o concerto, que marca o encerramento da temporada 2017/2018 da Série Guaraná, a Amazonas Filarmônica fará uma nova pausa nas apresentações para se dedicar aos ensaios do Festival Amazonas de Ópera (FAO), que terá sua 21ª edição nos meses de abril e maio.

Anúncio