Personalidades negras se apresentam, hoje, no Teatro Amazonas

Show, que abre a edição deste ano do festival Até o Tucupi de Artes Integradas, reunirá as vozes de Jéssica Stephens, Elisa Maia, Inah Bastet, Lary Go & Strela, entre outras vozes femininas locais

Manaus – Nesta segunda-feira (20), o Teatro Amazonas recebe o show ‘Personalidades Negras’, que marca a abertura da 10ª edição do festival Até o Tucupi de Artes Integradas, com uma apresentação coletiva inédita para evidenciar o protagonismo da mulher negra na música. A entrada será gratuita, a partir das 20h, e o evento tem apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Durante o evento, as artistas Jéssica Stephens, Elisa Maia, Inah Bastet, Lary Go & Strela, Karen Francis, Vívian Gramophone, Luciana Gorgonha e o grupo Baque Mulher Manaus vão interpretar diferentes gêneros musicais.

Elisa Maia é uma das atrações do evento (Foto: Divulgação)

Uma das cantoras convidadas para o evento, Vívian Oliveira, da banda Gramophone, afirma que o grupo de artistas pretende apresentar um repertório que reflete identidade, ancestralidade, autoestima e empoderamento da mulher negra. “Temos que aproveitar essas oportunidades para mostrar que nossas raízes negras estão na nossa arte e na nossa cultura. No final, essa parceria deu tão certo que nós vamos nos apresentar no Teatro Amazonas. Nós montamos um repertório que realmente vai deixar uma mensagem de consciência negra”, comenta.

Vindas de variadas vertentes musicais, as cantoras apresentarão canções que vão desde composições próprias, como ‘Todo poder curativo’, de Elisa Maia; ‘Canta passarinho’, de Karen Francis; e a apresentação da dupla de rap Lary Go & Strela; até interpretações de músicas de artistas como Daniela Mercury, Eliakin Rufino, Caetano Veloso e Jorge Benjor. O show ainda terá momentos em que as artistas cantarão juntas.

O ‘Personalidades Negras’ foi idealizado pelo Instituto Ganga Zumba, em parceria com o Coletivo Difusão, há três anos, e já reuniu uma série de artistas negros da cidade de Manaus, em shows na quadra da escola de samba Grande Família (2014), na zona leste, e no Teatro Amazonas (2015).

Luciana Gorgonha também se apresenta no evento (Foto: Divulgação)

Festival ainda terá atividades de formação e mostra musical

Em 2017, o festival Até o Tucupi de Artes Integradas acontece de hoje até o próximo sábado, 25, com a realização de oficinas, seminários e mostras de músicas em diferentes pontos da cidade.

Michele Andrews, uma das organizadoras do evento, afirma que, neste ano, a programação foi elaborada com o objetivo de evidenciar o protagonismo da mulher negra na música e nas artes.

“Nesse projeto, são quase 300 pessoas envolvidas em diversas atividades, tanto mostras de músicas quanto, também, em debates, oficinas e seminários, por exemplo. Nós achamos necessário realizar projetos como esse pela falta de divulgação de conteúdos artísticos deste tipo aqui na cidade de Manaus”, comenta Michele.

No sábado, 25, uma mostra de música encerra o festival, no Les Artistes Café Teatro, no Centro. As atrações serão: Vapor, Coletivo 333, Lary Go & Strela, Thais Badu (PA), Código de Rua MCs, Gramophone, Ana Lu (RR), Victor Xamã, Cardíaco e Os Últimos (RO).

Anúncio