Teatro infantil apresenta obras inéditas na Academia de Letras

Nos dias 12 e 26 de janeiro a Academia Amazonense de Letras receberá duas apresentações teatrais abertas ao público

Manaus – No dia 12 de janeiro a Companhia de Teatro Interarte Produções apresenta a peça infantil ‘A Feiticeira Maravilhosa’, baseada na obra de Elson Farias. Já no dia 26, a Companhia de Teatro Espatódea Trupe leva ao público a obra ‘O Homem que Marcha’, peça baseada na obra de Benjamin Lima.

As duas companhias foram contempladas pelo Edital Nº 002/2018 – Apoio à Produção e Montagem de Espetáculos para a Mostra de Teatro dos Imortais da Academia Amazonense de Letras, lançado pela Academia Amazonense de Letras, com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa para financiamento da adaptação cultural das obras, até então inéditas.

‘A Feiticeira Maravilhosa’ é aposta para divertir a família inteira (Foto: Divulgação)

Para o presidente reeleito por aclamação, Robério Braga, as obras são clássicos inéditos que merecem conhecimento popular

“São textos produzidos por imortais que nunca tiveram adaptação teatral e agora poderão chegar a conhecimento do público. Esta Casa está aberta para as Artes e o Teatro é uma que muito combina com o nosso salão, já que originalmente aqui foi o Teatro do Instituto Benjamin Constant, quando este ainda pertencia à ordem religiosa. É um resgate histórico para o prédio, para os imortais e para o público”, comentou.

Diversão para família

Apesar de caracterizada como peça infantil ‘A Feiticeira Maravilhosa’ é aposta para divertir a família inteira.

O espetáculo apresenta a vida na floresta de uma maneira vibrante a partir da perspectiva das personagens infantis, que em uma caminhada pela mata encontram a misteriosa feiticeira.

A Interarte contou com apoio do músico Willians Fonseca Solano que fez arranjos para serem executados ao vivo com elementos da música orgânica e por um elenco formado por atores cantores. Os figurinos foram inspirados nas ilustrações de Marcio Matias no livro publicado pela Editora Valer.

“Seguimos as cores e estilos que levam a um conjunto interiorano para o núcleo das lavadeiras e das crianças. Para os personagens animais foram confeccionados bonecos a partir de cestos e abanadores” explicou o diretor Roger Barbosa.

As apresentações são gratuitas, com início às 17h. A Academia Amazonense de Letras fica localizada na Rua Ramos Ferreira, nº 1009, bairro Centro, zona sul de Manaus. Para mais informações clique aqui.

Anúncio