Artistas do AM organizam evento em homenagem ao Dia do Quadrinho Nacional

O grupo Ajuri realiza pela segunda vez, em Manaus, as comemorações desta data celebrada nacionalmente

Manaus – O grupo Ajuri realiza pela segunda vez as comemorações desta data celebrada nacionalmente. A comemoração foi instituída em 1984 e é uma referência a publicação, em 30 de janeiro de 1869, da primeira história em quadrinho brasileira: “As Aventuras de Nhô-Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte”, autoria do cartunista Angelo Agostini.

Além dos trabalhos individuais, o grupo também divulgará a coletânea “Ajuri #2” (Foto: Divulgação)

Em Manaus, a data é celebrada pelo grupo Ajuri que desde 2019 organiza um encontro de artistas amazonenses. Este ano a comemoração terá três dias, indo de 30 de janeiro a 1 de fevereiro. No evento, haverá palestras, oficinas, venda de trabalhos de artistas e apresentação de projetos a serem lançados, este ano, pelos membros do grupo.

Das obras anunciadas destacam-se as HQ´s ganhadoras do Prêmio Manaus de Conexões Culturais da Fundação Municipal de Cultura ( Manauscult): “Ajuricaba” de Ademar Viera, Jucilandy Jr e Crystieê Santos; “Trovão 2” de Luiz Andrade; “No Rastro do Eldorado – Uma Biografia de Silvino Santos” de Evaldo Vasconcelos e Ricardo Souza (único artista de fora do estado, Ricardo é o ilustrados da HQ “Marighella #LIVRE”); “Maramunhã” de Evaldo Vasconcelos e Rayanne Cardoso; e “A Última Flecha” de Emerson Medina e Romahs Mascarenhas.

Outros artistas do grupo lançando trabalho no evento: Geovan Motter com “T.E.A.M.” e “Totó 2”; Romulo Gama com “Sonho”, “O Dedo do Meio” e “Amar é um Lance Contraditório”; e o parintinense Levi Gama com “Teça e o Pássaro Negro” e “Caturama e a Ilha dos Mistérios”.

Ajuri #2

Além dos trabalhos individuais, o grupo também divulgará a coletânea “Ajuri #2” com trabalhos de todos os membros e com previsão de lançamento no segundo semestre. Entre os anúncios do Grupo Ajuri para 2020 está o direcionamento de foco para a área de formação de novos artistas de quadrinho e profissionalização dos atuais. Para isso, o Grupo oferecerá uma série de palestras e oficinas com profissionais brasileiros renomados, por meio do projeto “Palavras, Imagens e Artífices”, iniciativa também contemplada no Prêmio Conexões da ManausCult.

O projeto trará a Manaus profissionais como Gidalti Jr, professor de desenho e premiado quadrinista com a obra Castanha do Pará; Rogério de Campos, editor da revista Animal e das editoras Conrad e Veneta; além de Wagner Willian, autor de Lobisomem Sem Barba e Silvestre, entre outros artistas e profissionais do mercado editorial.

Todos os artistas confirmados até o momento são ganhadores do Prêmio Jabuti, maior premiação do mercado editorial brasileiro. O projeto “Palavras, Imagens e Artífices” será gratuito e ainda não tem data de realização confirmada.

Serviço

O quê: Dia do Quadrinho Nacional Manaus  – 2º Edição

Quando: de 30 de janeiro a 1 de fevereiro de 2020. Quinta e Sexta das 18h30 às 21h30. Sábado das 16h30 às 20h30

Onde: Banca do Largo, ao lado do Teatro Amazonas

Anúncio