Atividades físicas ganham versões ‘indie’

Balé fitness, Mat Pilates e Stilleto são alternativas para os que não curtem modalidades tradicionais

Manaus – Janeiro é o mês de começar a colocar em prática as promessas de Ano Novo e uma das mais tradicionais é iniciar uma atividade física. Para quem está em dívida nesse quesito, mas quer fugir das modalidades tradicionais, os professores da Fórmula Academia destacam três atividades que vêm ganhando adeptos com esse perfil: balé fitness, Mat Pilates e Stilleto.

O balé fitness agrega exercícios extras, como abdominal e agachamento (Foto: Pxhere e Wikimedia Commons)

O que essas modalidades têm em comum é que todas procuram aliar o gasto calórico com a prática de exercícios prazerosa — não apenas para o corpo, mas também para a mente. O coordenador da Fórmula Academia, José Roggero, explica que, entre os benefícios da atividade física, independente de qual for, estão os efeitos positivos que provoca na memória, concentração e humor, além do aumento da resistência e disposição física.

Ele ressalta que, mais do que decidir iniciar uma atividade física, é importante escolher um exercício que seja prazeroso. “Dessa forma, os resultados se potencializam. Praticar algo por obrigação fará com que, inevitavelmente, o aluno abandone os objetivos. Assim, novamente, a decisão de adotar uma vida mais saudável ficará apenas na promessa”, frisou.

A primeira indicação para quem quer fugir dos exercícios tradicionais é o balé fitness. Segundo a professora Priscila Feitoza, a proposta da modalidade é usar o peso do corpo do aluno para definir a musculatura, melhorar a força e a flexibilidade. “O balé fitness pode ser uma alternativa, também, para quem não gosta de praticar musculação”, destacou.

Ela diz que a diferença entre o balé clássico e o fitness é que este último usa exercícios, como abdominal e agachamento. Além disso, há um número grande de repetições de cada exercício, justamente para que toda a musculatura seja trabalhada. A prática da atividade é indicada para pessoas de todas as idades, independente de já terem feito aulas de balé ou não.

A aula de balé fitness tem duração de 50 minutos e é bastante dinâmica. “Utilizamos desde músicas clássicas até as mais agitadas, para incentivar a prática dos exercícios”, ressaltou.

Pilates alternativo

Outra modalidade indicada pelos professores da Fórmula é o Mat Pilates. Trata-se de uma versão do método tradicional de pilates, em que os movimentos são feitos apenas no chão, valendo-se do peso do próprio corpo e da força da gravidade. Em alguns casos, são inseridos, nas aulas, acessórios como pesos livres, caneleiras e bolas suíças.

De acordo com o instrutor Hércules Lima, no Mat Pilates, por usar o peso do próprio corpo para executar os movimentos, os músculos são trabalhados duplamente, sendo alongados e tonificados ao mesmo tempo.

A execução dos exercícios de Mat Pilates, segundo ele, depende exclusivamente da força do próprio corpo e o desafio é conseguir sustentar os movimentos repassados pelo instrutor. Ao longo da prática, Hércules diz que os benefícios são inúmeros. O corpo se torna mais forte e flexível, auxiliando no combate às dores causadas pela má postura. Além disso, a atividade ajuda na melhora da respiração, da coordenação motora e na tonificação muscular.

O Mat Pilates pode, ainda, ser praticado por pessoas de todas as idades. No caso dos idosos, os exercícios ajudam na melhoria do equilíbrio do corpo, evitando quedas. Na gravidez, a modalidade é bastante eficiente por trabalhar a cintura pélvica antes do parto e, também, por ajudar na recuperação mais rápida dessa estrutura.

Ritmo

Outra modalidade que faz muito sucesso entre os que buscam exercícios mais alternativos é o Stilleto (dança de salto). O exercício mistura dança e ginástica, promovendo maior flexibilidade, força e equilíbrio para quem pratica. “É uma modalidade que trabalha o tônus muscular das pernas e braços, além de contribuir para a melhoria da resistência física”, afirmou o coreógrafo e professor de dança da academia, Andrew Rogger.

O Stiletto é uma dança em cima do salto na qual se trabalha a postura e o equilíbrio. Foi inspirada em cantoras consagradas, como Beyoncé. Os ritmos executados, normalmente, são o hip-hop e o pop internacional. Rogger reforça que, para quem precisa perder peso, as aulas de Stilleto são excelentes. “É possível perder até 500 calorias, dependendo da intensidade que a atividade for executada”, afirmou.