BBB: Rodriguinho comenta sobre jogo de Isabelle: ‘Você só vive pra dançar’

 Rodriguinho também foi acusado de xenofobia após chamar Isabelle e Davi de ‘Indígena e Baianinho’

Rio de Janeiro- O cantor Rodriguinho comentou sobre o jogo de Isabelle Nogueira em uma conversa com Fernanda, Pitel, Michel e Yasmin Brunet no quarto Gnomos na madrugada desta terça-feira (27), após a dinâmica do Sincerão, no BBB 24.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

”Então oh iançã, como é o nome dela?  cunhã, você só vive pra dançar nesta m#, você quer isso, quer seguidor, é uma b# seu jogo sim”, disse Rodriguinho sobre Isabelle em conversa com seus aliados de jogo.

Rodriguinho chama Isabelle e Davi de indígena e baianinho

Rodriguinho continuou comentando sobre Isabelle e Davi após a dinâmica do Sincerão desta segunda-feira (26). O cantor afirmou que homens tem orgulho de ser seu fã e ainda citou o fato de ter levado banho de geleia na dinâmica.

”Um dia eu tava treinando na academia e chegou dois caras negrão, e ”p# você é referência negra para nós”, se entendeu?, é assim, eles falam comigo com orgulho, eles tem orgulho de ser meu fã, e ta aí  levando geleiada da índia, indígena, e do baianinho de salvador que fica xingando ele o tempo todo, olha que loucura”, disse Rodriguinho afirmando sobre o que seus fãs podem pensar sobre sua participação no reality show.

Muitos internautas não aprovaram a fala do artista e o acusaram de xenofobia. “O ego derruba”, disse um. “Um show de xenofobia”, afirmou outro. “Só falou e fez m#”, pontuou mais um. “Eu teria vergonha das coisas que ele disse”, disse outro.

‘Sincerão’

 Durante o Sincerão da segunda-feira (26) no BBB 24, Davi e Isabelle foram os mais apontados como “Desprezo” e entraram em concesso para adarem um banho de gosma em  Rodriguinho e se posicionarem sobre o jogo do cantor.

Davi justificou: “Acho um péssimo jogador, como já falei na cara dele. Acho ele muito mal posicionado. Não tem o que falar e tá criando argumentos. O que tenho pra falar eu falo na cara dele

Na sequência, Isabelle também apontou: “Virar pra mim e falar que eu tô lendo meu jogo porque não consegue ler meu jogo é quem olha mais pro jogo do outro que pro seu próprio. Na minha percepção merece ser desprezado sim porque olha mais pro jogo do outro que pro dele”.

No Sincerão desta segunda, os protagonistas do jogo tiveram que escolher quem são os participantes que querem proteger, os que desprezam e os que querem fora do jogo.

Anúncio