Bolos viram elo da corrente do bem

No meio de uma situação triste, uma história com final feliz

Manaus – O dia das mães na casa de João Felipe será mais doce do que ele esperava. Não somente porque a família – formada por ele, a mãe e o irmão de seis anos – garante o sustento vendendo bolos caseiros, mas porque passaram por uma situação delicada, por conta da pandemia, e após intervenção de uma corrente do bem, terão um domingo tranquilo e juntos.

Família garante o sustento vendendo bolos caseiros (Foto: Daniel Nogueira)

João Felipe, 14, auxilia a mãe Sebastiana Edilce da Silva, 43, a fazer bolos caseiros, o que garante a renda da família. Eles vendiam nas ruas. Entretanto, com a pandemia, não conseguiram mais vender os produtos e, com isso, o aluguel de onde moravam atrasou, a proprietária não entendeu e a família foi despejada da residência.

No meio do caos, uma pessoa ficou comovida com a situação dos três e resolveu ajudar, cedendo o espaço de seu restaurante para comercializarem seus bolos.

Dessa ação, surgiram outras e uma corrente de pessoas passou a comprar os produtos e, com isso, a família alugou outro espaço para morar.

O adolescente estuda na Escola Estadual Rozina Ferreira, no 9o ano. Como muitos jovens do País, que vivem em situação econômica delicada, auxilia a mãe. Ele recorda que começaram a fazer bolo em 2018. “Pedi à mamãe para fazer para tentar vender na rua”, disse lembrando que o pai abandonou a família.

Entre livros e atuação como passista de uma escola de samba, a família faz de seis a oito bolos, por dia, com sabores de prestígio, doce de leite, chocolate e coco.

A mãe diz que João Felipe não somente dá ideias de sabores, mas coloca, literalmente, a mão na massa. “Somos uma equipe”, disse.

blank

Nada como um bolo caseiro (Foto: Daniel Nogueira)

Ajuda

A Arte Educadora Djane Senna soube da história, por meio das Redes Sociais, e resolveu ajudar. Encomendou vários bolos. “Primeiro vi o que eles estavam passando, o que é até desumano. Afinal, deixar alguém na rua é algo muito triste. Mas eles tiveram apoio de algumas pessoas e agora estão até vendendo mais. O melhor é que os bolos são maravilhosos”, atestou ela que aprovou todos os sabores.
Para quem quiser encomendar, basta ligar para (92) 99242-9552.

Anúncio