Brad Pitt exige que parada do ‘Orgulho Hétero’ deixe de usá-lo como ‘mascote’

O ator aparecia com duas mulheres na página e foi referenciado pelos defensores do movimento

Brasília – Os organizadores da parada do ‘Orgulho Hétero’ de Boston, nos Estados Unidos, retiraram a imagem de Brad Pitt do site do evento após o ator ordenar que eles parassem de usar seu nome como símbolo.

A equipe do artista informou que se a publicação não fosse apagada em breve, “outras medidas” poderiam ser tomadas (Foto: Reprodução/Instagram)

O ator aparecia com duas mulheres na página e foi referenciado pelos defensores do movimento. “A comunidade hétero adotou Brad Pitt como nosso mascote. Parabéns por ser o rosto desse importante movimento de direitos civis. Direitos héteros são direitos humanos”, escreveram.

A equipe do artista informou que se a publicação não fosse apagada em breve, “outras medidas” poderiam ser tomadas.

Na quinta-feira (5), Chris Evans, que interpretou Capitão América, também se colocou contra a “parada hétero”.

“Uau! Que iniciativa legal, parceiros. Mas só uma ideia, em vez de parada do ‘Orgulho Hétero’, que tal a parada do ‘Estamos tentando desesperadamente esconder nossos pensamentos gays sendo homofóbicos porque ninguém nos ensinou a lidar com nossas emoções quando éramos crianças’? O que acham? Fica muito na cara?”, ironizou no Twitter.