‘Breves cenas’ exibe peças em podcast

Festival amazonense de teatro ‘Breves Cenas’ comemora dez anos com a aposta na dramaturgia sonora, como alternativa para apresentações durante a pandemia

Manaus – O ‘Breves Cenas’ de Teatro comemora dez anos com sua primeira versão exclusivamente digital: teatro para ouvir no formato podcast. O festival, que sempre teve recorde de público presencial em todas as edições anteriores, convoca o público para participar das estreias ao vivo, junto aos artistas, na escuta coletiva online. A programação será de 25 a 28 de março e é gratuita.

Cada noite do festival terá a estreia de três ou quatro cenas, às 20h (horário de Manaus) em uma sala virtual. Nesses encontros virtuais, o público e os artistas irão ouvir juntos as cenas da programação daquele dia e, logo após a escuta, participar de um debate com os intérpretes, orientadores e curadores desta edição. O link das salas para escuta coletiva estarão disponíveis nas redes sociais do festival (@brevescenas) e no site www.brevescenas.com.br. A entrada é gratuita e não é necessário inscrição prévia.

A programação será de 25 a 28 de março e é gratuita (Foto: Ingrid Anne / Divulgação)

“Nesta edição, o caos ocasionado pela pandemia, a solidão posta pelo isolamento e as mortes diárias na cidade de Manaus e no mundo inteiro afetaram toda e qualquer possibilidade de criação e encontro. Entendemos que não poderíamos parar, afinal, é uma década com Teatro Amazonas lotado, mais de 1.500 artistas, produtores, técnicos que já trabalharam no projeto e mais de 51 mil pessoas que já assistiram a uma cena curta no Festival, ou seja, era necessário criar uma nova forma de celebrar com a plateia, ainda que de forma virtual”, ressalta o diretor geral, Dyego M.

O ‘Breves Cenas’ reúne 13 cenas curtas selecionadas de seis estados diferentes do Brasil, que ficarão disponíveis gratuitamente em todas as plataformas de streaming (Spotify, Deezer, Apple Music). Após o festival, ainda será possível maratonar a produção teatral em áudio por, pelo menos, um ano. Conforme o regulamento, todas as cenas têm entre, no mínimo, 4 minutos e 59 segundos e, no máximo, 12 minutos e 31 segundos. O desafio dos 13 selecionados para integrar a programação foi construir cenas curtas sonoras, ou seja, cenas em que toda a atmosfera cênica, estética e artística pudesse ser expressa através da sonoridade. Para isso, o ‘Breves Cenas’ propôs uma investigação sônica aos participantes por meio de uma residência artística.

Diferente de um registro em áudio, a ideia é inspirada no consagrado radioteatro, que teve seu auge nos anos 40 e 50, em uma junção com o contemporâneo podcast. “Experimentar é o verbo dessa edição. Temos algumas referências de podcast dedicados a peça teatral sonora, com o uso da palavra, das construções de narrativas e da experimentação dos sons focados na dramaturgia teatral. O teatro é presença e levá-lo para os meios digitais tem sido um desafio coletivo para os artistas da cena”, afirma Dyego.

Anúncio