Banda da Bica lança marchinha oficial

‘Pirralha faz pirraça e a Bica entra na graça’ quer mostrar que o aquecimento global é uma ameaça e precisa ser combatido, além de fazer alusão à adolescente sueca ativista Greta Thunberg

Manaus – Com a proposta de levantar a bandeira ecológica, a 34ª edição da tradicional Bandas Independente Confraria do Armando (Bica), que integra o calendário do Carnaval 2020 de Manaus, lançou a marchinha oficial deste ano, com o tema ‘Pirralha faz pirraça e a Bica entra na graça’, mostrando que o aquecimento global é uma ameaça real e que precisa ser combatido, além de fazer alusão à adolescente sueca Greta Thunberg, que ficou famosa mundialmente, pelo ativismo ambiental.

Segundo a coordenadora da Bica, Ana Claúdia Soeiro Soares, o tema de 2020, aborda sobre as queimadas na Amazônia. “O termo ‘pirralha’ é em referência à ativista sueca Greta Thunberg – eleita personalidade do ano pela revista ‘Time’ – que foi chamada pelo presidente Bolsonaro de ‘pirralha’ e gerou muita polêmica”, explicou.

O tema deste carnaval, foi sugerido pela ‘biqueira’ Neidinha. A letra tem a proposta de usar ironia e humor, na preocupação com o meio ambiente.

A banda reúne milhares de foliões todos os anos no Centro de Manaus (Foto: Assessoria Manauscult)

Pioneirismo em 1992

Não é a primeira vez que a Bica trata sobre a questão ecológica. Em 1992, a banda trouxe o tema ‘No Reino do Jacaré’, que denunciava a tentativa de introduzir no Amazonas a caça seletiva de jacarés.

A letra da marchinha, deste ano, é atribuída ao cantor, compositor e um dos fundadores da banda, Afonso Toscano; ao radialista Joaquim Marinho; ao poeta Almir Graça e ao pagodeiro Agnaldo do Samba, todos falecidos no ano passado.

A Banda da Bica ocorre no dia 15 de fevereiro, a partir das 15h, na frente do tradicional Bar do Armando, localizado na rua 10 de Julho, bairro centro, zona centro-sul de Manaus. A entrada é gratuita.

A letra oficial será gravada pelo levantador de toadas do Boi Bumbá Caprichoso, David Assayag, com arranjos do maestro Reina e Adelson Santos.

A banda reúne milhares de foliões todos os anos no Centro de Manaus (Foto: Assessoria Manauscult)

Anúncio