Escolas do Rio esperam esgotar ingressos para desfile das campeãs

Segundo o coordenador da Central de Vendas de Ingressos da Liesa, Heron Schneider, a venda está um sucesso e deve se encerrar rapidamente

Rio de Janeiro – A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) espera esgotar os ingressos para o desfile das campeãs neste sábado (9). Voltam à Passarela do Samba, neste dia, as seis escolas mais bem colocadas no Carnaval carioca deste ano: Mangueira, Viradouro, Vila Isabel, Portela, Salgueiro e Mocidade.

Segundo o coordenador da Central de Vendas de Ingressos da Liesa, Heron Schneider, a venda está um sucesso e deve se encerrar rapidamente. Ele informou que as frisas já estão todas vendidas, os camarotes ocupados e que, nas arquibancadas especiais, foram vendidos 80% dos lugares, como também os do Setor 7 das arquibancadas.

“(Os ingressos) devem se esgotar até esta sexta-feira (8). Nos últimos quatro anos, nunca as frisas das campeãs tinham se esgotado na quarta-feira (de Cinzas). Nesta sexta abri (as vendas) sem nenhuma. Sempre ficava vendendo até sábado. Então, não tenho dúvida de que vai vender tudo”, disse Schneider.

Mangueira e as cinco mais bem colocadas voltam sábado à avenida (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

De acordo com Schneider, o ritmo de vendas dos ingressos, neste ano, foi superior ao dos anos anteriores. “Ano passado, só de arquibancadas de domingo sobraram 4 mil; este ano, eu esgotei. A crise ano passado, para nós, foi muito pior. Aqui no estado do Rio tinha o problema do funcionalismo público sem receber (salários), e era basicamente público de arquibancada. O povo carioca responde por 70% do Sambódromo. Se pessoa física do Rio estiver em crise, é óbvio que a gente sente. O Sambódromo não é 100% de pessoas vindas de fora”, afirmou.

Heron Schneider lembrou que os ingressos para os desfiles da Segunda-Feira de Carnaval (4) se esgotaram e foram vendidos 94% até domingo (3). O que ficou ainda disponível nesse dia foram algumas frisas e camarotes individuais, que tiveram menos procura que os ‘supercamarotes’ colocados à venda.

Capacidade

O coordenador da Central de Vendas de Ingressos da Liesa ressaltou que a capacidade do Sambódromo é de 75 mil pessoas por noite. Quando o espaço foi inaugurado, em 1984, a capacidade era de 50 mil. “Ter um local com capacidade de 75 mil pessoas e lotar é muita gente”, comentou, comparando o Sambódromo com alguns estádios de futebol que recebem menos público.

Plantão

Caso a expectativa de esgotar os ingressos não se confirme, a Liesa manterá um plantão de venda de ingressos na Rua Salvador de Sá, atrás do Setor 11 do Sambódromo para atender aos interessados. Nesta sexta-feira (8), o serviço estará disponível até 17h, mas, no sábado (9),o horário de funcionamento será entre 10h e a meia-noite.