Reino Unido da Liberdade vence o Carnaval 2019; agremiação se torna tetracampeã

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba A Grande Família ficou com o segundo lugar, seguido do G.R.E.S Mocidade Independente de Aparecida

Manaus – O Grêmio Recreativo Escola de Samba (G.R.E.S) Reino Unido da Liberdade “desceu o morro” e conquistou o tetracampeonato do Carnaval de Manaus 2019. Com o título garantido, a agremiação, agora, ‘espalhará o axé’ pela comunidade, comemorando a quarta conquista consecutiva. O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba A Grande Família ficou com o segundo lugar, seguido do G.R.E.S Mocidade Independente de Aparecida.

G.R.E.S Reino Unido da Liberdade conquista o quarto título consecutivo (Foto: Divulgação Manauscult)

A tetracampeã do Carnaval 2019 levou, ao Sambódromo de Manaus, o tema “Tambores, Crenças e Costumes Afro-Brasileiros – A Benção Mãe Zulmira”. Depois da vitória, a escola partiu em carreata ao bairro Morro da Liberdade, zona sul de Manaus, na tarde desta segunda-feira (4), para comemorar a vitória.

Em segundo lugar na disputa, ficou A Grande Família, seguida da Mocidade Independente de Aparecida. Em sequência, a lista completa do restante dos vencedores é: Vitória Régia, Andanças de Ciganos, Unidos do Alvorada, Primos da Ilha e Vila da Prata.

Os quesitos avaliados pelos examinadores foram: alegoria e adereços, bateria, comissão de frente, enredo, evolução, fantasia, bateria, harmonia, mestre sala e porta bandeira, além do samba-enredo.

“Tudo que nós planejamos e executamos chegou ao final, que é a vitória”, disse Jorge Varela, compositor e presidente da ala dos compositores da Reino Unido (Foto: Divulgação/Manauscult)

Em 2019, a Reino Unido já coleciona 12 títulos como campeã do Carnaval em Manaus. O secretário de cultura do estado, Marcos Apolo Muniz, parabenizou a escola pela vitória. “Você percebe uma escola tradicional da cidade que fez um ótimo Carnaval. Parabéns a todas que competiram em pé de igualdade”, disse.

Para Jorge Varela, compositor e presidente da ala dos compositores da Reino Unido, a união entre os integrantes da escola foi o fator decisivo que os tornou campeões, novamente, neste ano. “Meu coração está explodindo de alegria e felicidade. Tudo que nós planejamos e executamos chegou ao final, que é a vitória”, disse.

Segundo o compositor, desde agosto de 2018, que a escola se preparava para a competição. “Foi muito sofrimento e muita batalha, tivemos que lidar com a falta de dinheiro. Tivemos até que pedir emprestado, dali e daqui, para conseguirmos ser coroados. Eu tô muito emocionado”, contou.

Reino Unido alcançou o tetracampeonato com 179,9 pontos (Foto: Divulgação/Manauscult)

De acordo com o diretor-geral de harmonia da Reino Unido, e autor do enredo que levou a escola à vitória neste ano, Clemilton Pinto, o que decidiu a conquista foram os quesitos fantasia, enredo, alegoria e samba-enredo. “Nós queremos dedicar essa vitória à forte comunidade da zona sul, que abrange o Morro da Liberdade e adjacências”, disse.

Já o presidente de honra e vice-presidente da Escola de Samba Reino Unido da Liberdade, João Tomé Mestrinho, que já trabalha na agremiação há 35 anos, disse que o objetivo da Reino Unido não é apenas ser uma escola de samba, mas um movimento cultural. “Aqui nós temos aulas de reforço escolar e leitura, e procuramos mostrar que um movimento cultural também pode ser um produto que crie riqueza para a sociedade”, finalizou.

Confira a seguir a classificação completa, divulgada pela Prefeitura de Manaus

Grupo Especial

1º – Reino Unido – 179,9 pontos
2º – A Grande Família – 179,8 pontos
3º – Aparecida – 179,5 pontos
4º – Vitória Régia – 179,3 pontos
5º – Andanças de Ciganos – 178,8 pontos
6º – Alvorada – 178,0 pontos
7º – Primos da Ilha – 177,9 pontos
8º – Vila da Barra – 177,3 pontos

Grupo de Acesso A

1º – Mocidade do Coroado – 176,3 pontos
2º – Unidos da Cidade Nova – 176,3 pontos
3º – Dragões do Império – 175,2 pontos
4º – Acadêmicos da Cidade Alta – 175,1 pontos
5º – Beija-Flor do Norte – 175,1 pontos
6º – Balaku Blaku – 174,1 pontos
7º – Sem Compromisso – 166,8 pontos

Grupo de Acesso B

1º – Tradição Leste – 177,1 pontos
2º – Presidente Vargas – 176,7 pontos
3º – Império do Hawaí – 173,0 pontos
4º – Unidos do Coophasa – 167,3 pontos
5º – Mocidade Independente da Raiz – 149,3 pontos

Grupo de Acesso C

1º – Legião dos Bambas – 172,7 pontos
2º – Ipixuna – 172,1 pontos
3º – Meninos Levados – 164,4 pontos
4º – Leões do Barão Açu – 164,4 pontos
5º – Império do Mauá – 150,1 pontos